Vale a pena acompanhar a emocionante reta final da Serie B do Brasileirão
12 de novembro de 2019
Categoria: 4-3-3 e Futebol e Nacional

 

Com a primeira vaga para a Serie A já garantida pelo Bragantino,  que fez um campeonato irretocável, a Serie B do Campeonato Brasileiro tem em suas três vagas restantes grande fonte de emoção e jogaços.

Segundo o Departamento de Matemática da UFMG os times com probabilidade acima de 10% são Sport, Coritiba, Atletico-GO,  América-MG, Paraná, Cuiabá e CRB. Mas o futebol não gosta muito de ser previsível e até mesmo times com 10% de chance nas próximas rodadas já podem estar fazendo festa com sua torcida comemorando a tão sonhada promoção.

O ano de 2019 na “Bêzinha” foi marcado por muitos altos e baixos e os times que menos oscilaram hoje chegam com as maiores chances de acesso. Por outro lado, vemos times que começaram a cair de rendimento na reta final e a promoção parece estar cada vez mais longe.

O Sport superou a crise que o assombrou desde o fim de 2018 e passou pelo começo do ano. Com a contratação do piracicabano Guto Ferreira, que corrigiu rapidamente os problemas deixados por Milton Cruz, fazendo o time de Recife ser quem menos perdeu jogos na Serie B – apenas quatro derrotas em 33 jogos. Com o segundo melhor ataque da competição e dois jogadores na briga pela artilharia – Hernane Brocador com 14 gols e Guilherme Augusto 13 gols. Segundo a UFMG, sua probabilidade de acesso é de 99.0%, um alento ao torcedor que teve que encarar apenas um ano na Serie B.

Sport está bem perto de voltar à elite do Brasileirão

Já o Coritiba sobreviveu a todas as dificuldades do ano passado, onde fez uma campanha mediana na Serie B. Agora já acostumado, o time conta com a redenção de nomes como Alex Muralha e Rodrigão, que faz um campeonato gigantesco sendo a principal referência do time alviverde.

Umberto Louzer assumiu o time no fim do estadual após a saída de Argel Fucks. Aos trancos e barrancos, o Coxa se apoiava no faro de gol de Rodrigão. Aos poucos, porém, o desempenho ofensivo foi crescendo, até terminar o primeiro turno com o melhor ataque.

Mas como a Serie B é um campeonato duro e muito parelho, quem briga pelo acesso não pode se dar ao direito de oscilar demais, Louzer começou a oscilar e foi trocado por Jorginho, que recuperou o desempenho no segundo turno, mas agora na reta final vê seu time empatar demais.

Falando em oscilação o Atlético-GO também teve que tomar a decisão de trocar o comando pra não perder o momento do time. Com o mesmo número de derrotas que o líder o Dragão figurou no G4 o campeonato todo, empatado com o Bragantino como time que menos perdeu no campeonato. Entretanto, quando começou a empatar demais e fez nove pontos em nove jogos, o treinador Wagner Lopes deu lugar a Eduardo Barroca. A média de pontos, porém, continua a mesma: sete pontos nos últimos seis jogos, com direito a derrota pro CRB, colocando o time de Alagoas de volta à briga.

Atlético tenta superar oscilação para confirmar o acesso.

Outro time que está de volta à briga após oscilação e derrota pra um concorrente direto é o América-MG. Tentou apostar em Givanildo Oliveira que foi demitido após duas derrotas na Série B e logo após em Maurício Barbieri. A aposta não funcionou e o trabalho foi descontinuado com apenas cinco pontos em nove jogos. A ascensão do Coelho vem pelas mãos de Felipe Conceição, que tirou o time da 19° colocação e hoje está comandando o América no 3º lugar com grandes chances de subir.

Paraná e CRB fazem campanha irregular o campeonato todo. O Paraná vinha com um ótimo desempenho após Matheus Costa assumir a vaga de Dado Cavalcanti, mas os problemas financeiros do time seguem sendo um empecilho. Mesmo assim, a equipe se mantém apenas três pontos atrás do G4 e não tem uma tabela complicada nos jogos restantes.

Já o CRB vem pela segunda vez batendo na trave com o acesso. Esse ano o aproveitamento em casa foi um grande problema. Com apenas 23 pontos conquistados em seu domínio o time de Maceió figura entre os azarões ao acesso porque sua campanha fora de casa se iguala ao líder Bragantino. O time de Marcelo Cabo tem mais dois jogos em casa até o fim do campeonato e vencê-los será primordial para subir.

Traçando um paralelo com a Série B do ano passado, podemos ver que a decisão de todos os times receberem o mesmo valor fez com que o campeonato ficasse muito mais interessante pois chegamos na 34° rodada tendo pelo menos seis times com chances reais de acesso. Também vemos jogos mais equilibrados e interessantes e grandes surpresas, como a ótima campanha do Operário, que é estreante na Serie B.

Com a Serie A já quase decidida, vale a pena voltar os olhos pra Serie B, porque além da emocionante briga pelo acesso temos grandes jogos acontecendo, excelentes jogadores e treinadores muito promissores. Além disso é interessantíssimo ver um campeonato onde todos os times recebem as mesmas quantias das cotas de TV, ou seja, é muito mais justiça em campo.

Postado por Caíque Andrade 23 anos, dividido entre a ciência exata da química e o esporte mais imprevisível do mundo.