Precisamos falar sobre Lys Mousset
4 de novembro de 2019
Categoria: 4-3-3

(Foto por Stephen Pond/Getty Images)

Enquanto esteve no Bournemouth, Lys Mousset não teve muitas oportunidades na equipe de Eddie Howe. Apesar de participar de 24 jogos na Premier League passada, em apenas um ele foi titular e teve uma média de apenas 14 minutos em campo por partida. Com a chegada de Dominic Solanke seu espaço na equipe dos Cherries diminuiu ainda mais e ele se mudou para o recém-promovido Sheffield United no início desta temporada. A mudança de ares parece estar fazendo bem para o jovem atacante francês.

Chris Wilder escala o seu Sheffield United no esquema 5-3-2 e em 11 rodadas de Premier League disputadas ele já utilizou quatro duplas de ataques diferentes, com Callum Robinson, David McGoldrick e Oliver McBurnie sendo os mais utilizados como titulares nas oito primeiro rodadas. Entretanto, desde a sexta rodada, quando marcou seu primeiro gol pelos Blades em jogo contra o Everton, Mousset vem ganhando muitos minutos em campo, além de ter feito sua estreia na Premier League pela equipe já na quarta rodada contra o Chelsea.

E nas últimas três rodadas o camisa 22 teve um grande crescimento no seu nível de atuação. Mousset participou de todos os gols que a equipe marcou nesse período: marcou o gol da vitória contra o Arsenal; marcou o gol que garantiu o empate contra o West Ham; e, numa exibição espetacular, realizou as assistências, ainda no primeiro tempo, dos três gols da vitória contra o Burnley, em jogo válido pela 11ª rodada. O atacante totaliza até o momento seis participações em gols em oito jogos, tendo marcado três e assistido três. É uma média de uma participação em gol a cada 44 minutos.

Comparação do desempenho na Premier League de Mousset com os outros três principais atacantes do Sheffield United.

Mousset se movimenta muito bem e consegue fazer uma boa leitura das situações de jogo para atacar os espaços no momento certo. Isso é muito importante no esquema de Chris Wilder, que utiliza muito dos lançamentos dos alas. O atacante francês finalizou nove vezes nessa Premier League, tendo acertado o gol em três oportunidades, além de ter tido outros três chutes bloqueados, ou seja, ele tem um aproveitamento de 100% nos chutes no alvo.

O atacante está em um ótimo momento e para uma equipe como o Sheffield era a peça que faltava. A equipe de Chris Wilder tem uma defesa excelente, uma das melhores da Premier League no momento, e o que os Blades não tinham era justamente isso, um atacante para aproveitar as oportunidades criadas pelo time, principalmente pelos alas, ainda mais sendo um time que finaliza tão pouco na competição (é o segundo que menos chuta a gol, média de 9.9 por jogo), ter um atacante oportunista é importantíssimo. E, no momento, Lys Mousset é esse atacante.

Classificações Sofascore Resultados

Postado por Wallas Vieira Técnico em Edificações, cursando Administração. Torcedor de Flamengo e Liverpool. Fã da intensa Premier League e do tático campeonato italiano. Gosta de táticas, crônicas e número sobre o futebol.