Para inglês ver #36 – Mc Donald’s, lambanças de zagas e emocionante jogo do título
8 de abril de 2018
Categoria: Para inglês ver

Ruben Neves encaminhou o título da Championship para o Wolverhampton

Em um fim de semana com grandes clássicos em Liverpool e Manchester, nossas atenções ficaram voltadas para os gramados das divisões inferiores na Inglaterra. Teve jogo decisivo que praticamente encaminhou o título da Championship para o Wolverhampton, gol bizarro na 5° divisão, golaço na 6° que não valeu e clube da 4° divisão se envolvendo em problemas por causa do Mc Donald’s. Confira!

BOM, BONITO E BACANA

Uma estatística inútil, porém interessante, foi alcançada pelo Cardiff City. O clube galês bateu, em seguida, Bristol City, Barnsley, Birmingham, Brentford e Burton Albion, se tornando assim o primeiro time na história da Football League a vencer em seguida cinco adversários que começam com a mesma letra.

TROPEÇO

Pela 40° rodada da Chanpionship, a segunda divisão inglesa, o líder Wolverhampton enfrentou em casa o Hull City, que está na parte de baixo da tabela. Apesar dessa diferença nas campanhas, os Wolves não tiveram vida fácil. Saíram na frente do placar aos 18 minutos com um gol de pênalti do português Diogo Jota e sofreram o empate ainda no primeiro tempo também de pênalti. Na segunda etapa, aos 33 minutos, o Hull City passou na frente do placar com um gol contra do zagueiro Ryan Bennett do Wolverhampton que tentou cortar um cruzamento. Foi aí que apareceu a estrela de Oskar Buur Rasmussen, lateral de 20 anos dos Wolves que fazia a sua estreia pela liga, que empatou a partida em 2-2 aos 38 do segundo tempo.

O empate deixava o Wolverhampton com 6 pontos de vantagem para o Cardiff City, segundo colocado que tinha uma partida disputada a menos. A rodada seguinte? Cardiff x Wolves, partida que encaminharia o campeão da atual temporada da Championship!

Wolves e Hull ficaram no 2-2

JOGO DO TÍTULO

Cardiff City e Wolverhampton se enfrentaram no País de Gales na última sexta feira pela maior partida da temporada da Championship. Uma vitória dos donos da casa diminuiria a distância para apenas 3 pontos (com um jogo a menos). Uma vitória dos Wolves, por outro lado, aumentaria a distância para 9 pontos com 7 rodadas para serem disputadas.

O maior público do Cardiff na atual temporada da liga (29,317) viu um primeiro tempo morno e sem muitas chances de gol. O brasileiro Léo Bonatini acertou a trave aos 4 minutos da segunda etapa, porém o gol do Wolverhampton só sairia aos 22 minutos com um belo gol de falta do português Ruben Neves. A partida já se encaminhava para o fim quando, aos 49 do segundo tempo, o ponta Anthony Pilkington do Cardiff foi derrubado dentro da área. Gary Madine cobrou e perdeu em uma grande defesa do goleiro John Ruddy. A partida prosseguiu e, dois minutos depois, o Cardiff teve mais um penalti marcado a seu favor! Dessa vez foi Júnior Hoilett que partiu pra cobrança, tendo a chance de empatar a partida, mas ele acertou a trave! A partida acabou logo em seguida, com a grande vitória do Wolverhampton.

Os Wolves agora lideram com 9 pontos de vantagem para o Cardiff City. Para o 7° colocado Millwall são 24 pontos de distância, ou seja, um lugar nos playoffs já está garantido. Ainda faltam algumas vitórias para decretar matematicamente o acesso à Premier League.

CLIMA TENSO

Após os dois pênaltis e o fim da partida, o técnico Nuno Espírito Santo do Wolverhampton comemorou com muita energia, o que irritou o técnico Neil Warnock do Cardiff. Quando Nuno foi cumprimentar Warnock, o inglês se irritou e mandou um “Vaza daqui porr*”.

ON FIRE ?

Um dos grandes nomes das últimas rodadas da Championship é o atacante kosovar Atdhe Nuhiu, do Sheffield Wednesday. Nuhiu marcou 5 gols nas últimas 3 partidas, incluindo esse golaço na vitória por 4-1 em cima do Preston North End

RECUPERAÇÃO

Na League One, a terceira divisão inglesa, o Rochdale, que estava na vice-lanterna, conseguiu uma grande recuperação na última semana. Primeiro venceram o Shrewsbury, terceiro colocado, por 3-1 com direito a gol de bicicleta e pênalti pro adversário no último minuto que foi voltado atrás pelo árbitro. Na sequência da jogada o goleiro do Shrewsbury foi pro ataque tentando um gol de empate, deixando a meta livre pro 3° gol do Rochdale.

Na rodada seguinte o Rochdale venceu os rivais locais Bury fora de casa por 2-0. O Bury é o lanterna da competição e está praticamente rebaixado para a 4° divisão inglesa.

O Rochdale agora está na 21° colocação, dentro da zona do rebaixamento. O time está com 42 pontos, um a menos que o AFC Wimbledon, que é o primeiro time fora da zona, porém o Rochdale tem duas partidas disputadas a menos.

DERROTA QUE CUSTOU CARO

Ainda pela League One, Peterborough e Northampton se enfrentaram pelo Nene Derby (que leva o nome do Rio Nene, que conecta as duas cidades). O Peterborough venceu por 2-0 com gols de Jack Baldwin e Jack Marriott ainda no primeiro tempo.

A derrota derrubou Jimmy Floyd Hasselbaink, técnico do Northampton, que só tinha conquistado uma vitória nas últimas 12 partidas. Vale lembrar que esse é o mesmo Hasselbaink que jogou pelo Leeds, Chelsea, Atlético de Madrid, Middlesbrough, entre outros. Hasselbaink deixa o Northampton na vice-lanterna da competição.

Jimmy Floyd Hasselbaink foi demitido do comando técnico do Northampton Town

(NÃO) AMO MUITO TUDO ISSO

O Accrington Stanley, líder isolado da 4° divisão inglesa, se envolveu em uma situação esquisita com a EFL. Após um tweet de Andy Holy, dono do clube, dizendo que dava £200 libras para o elenco gastar no Mc Donald’s após cada vitória, a EFL, organizadora da liga, pediu explicações ao clube pois esse bônus não contava no contrato dos jogadores. Segundo a EFL, todo e qualquer tipo de bônus, inclusive comida de fast-food, deve constar nos contratos dos jogadores. A EFL permitiu que o Accrington continue a bancar os lanches do elenco, desde que isso também aconteça quando o time perder e empatar.

O Accrington é o líder isolado da 4° divisão e venceu 15 dos últimos 17 jogos. Haja hamburguer!

Elenco do Accrington foi ao Mc Donald’s após a vitória em cima do Colchester no último sábado

GOLAÇO DE HONRA

Ainda na 4° divisão inglesa, o Coventry City sofreu uma inesperada derrota dentro de casa para o Yeovil Town por 6-2, mas o segundo gol do Coventry, marcado por Maxime Biamou, foi um golaço. Veja só:

NUNCA DESISTA DE UMA JOGADA

Pela National League, a 5° divisão inglesa, o líder Macclesfield foi até Londres para enfrentar o Woking. A partida estava empatada até os 50 minutos do segundo tempo, quando isso aconteceu. Vitória do Macclesfield por 3-2!

GOLAÇO QUE NÃO VALEU

Também pela National League, o Maidenhead vencia o Sutton United por 3-2 ainda no primeiro tempo, sendo o segundo gol esse golaço do atacante Jake Hyde. Acontece que o árbitro decidiu encerrar a partida no intervalo por causa do estado do gramado. A partida será disputada do começo em outra data, ou seja, esse gol não valerá para os registros oficiais.

VITÓRIA NA LAMA

Pela National League South, uma das ligas que compõem a 6° divisão inglesa, o Dartford, líder da competição, recebeu o Hampton & Richmond, terceiro colocado, em uma importante partida disputada em um campo completamente enlamaçado. O Dartford venceu por 1-0 com um gol marcado aos 49 minutos do segundo tempo, veja:

COM UMA ZAGA ADVERSÁRIA DESSAS, QUEM PRECISA DE ATAQUE?

Na Northern Premier League, uma das ligas da 7° divisão inglesa, o Stamford AFC bateu o Chasetown por 6-0 dentro de casa. Um dos gols saiu dessa lambança da zaga do time visitante:

FOGO AMIGO

Na vitória do Aberdeen por 4-1 em cima do St Johnstone na primeira divisão escocesa, o atacante Greg Stewart do Aberdeen acertou em cheio o seu companheiro Dominic Ball ao cobrar uma falta. Nocaute!

TIME DA TEMPORADA DA CHAMPIONSHIP

Apesar da temporada ainda não ter terminado, já foi divulgado o time da temporada da Championship. Destaque para Ryan Sessegnon, que com apenas 17 anos participa pela segunda temporada consecutiva do time da temporada, e para seu companheiro de equipe Tom Cairney, que também repetiu o feito

Os dois concorrem, junto com Ruben Neves do Wolverhampton, ao prêmio de melhor jogador da temporada.

Neves e Sessegnon concorrem, junto com James Maddison do Norwich, ao prêmio de jogador jovem da temporada.

Na categoria que premia o melhor jogador sub-18 da temporada, Ryan Sessegnon concorre com Alex Hunt do Sheffield Wednesday e Danny Loader do Reading.

TIME DA TEMPORADA DA LEAGUE ONE

Na League One, destaques para Jack Marriott e Nick Powell, que até o momento marcaram 26 e 15 gols na liga, respectivamente.

Os dois concorrem junto com Bradley Dack, do Balckburn, ao prêmio de melhor jogador da temporada. Não há prêmio para o melhor jogador jovem.

Lewis Freestone, Anthony Hartigan e Dru Yearwood, de Peterborough, AFC Wimbledon e Southend, respectivamente, concorrem ao prêmio de melhor jogador sub-18.

TIME DA TEMPORADA DA LEAGUE TWO

Na League Two, destaques para Billy Kee, Danny Hylton e Adebayo Akinfenwa, que até o momento marcaram 22, 19 e 17 gols na liga, respectivamente.

Akinfenwa e Billy Kee concorrem, junto com Mohamed Eisa, do Cheltenham Town, ao prêmio de melhor jogador da temporada. Estremoz, já que Eisa não está no time da temporada. Não há prêmio para o melhor jogador jovem.

George Lloyd, Jordan Ponticelli e Ben Wilmot, de Cheltenham Town, Coventry e Stevenage, respectivamente, concorrem ao prêmio de melhor jogador sub-18.

GOLAÇOS DE 2017

Também foram selecionados os 10 gols mais bonitos de 2017 na 2°, 3° e 4° divisões. Confira os concorrentes:

TORCIDA DA SEMANA

1,100 torcedores do Hereford FC, da 7° divisão inglesa, acompanharam a vitória por 2-0 fora de casa contra o Redditch United. 66% do público total da partida!

GOLAÇO DA SEMANA

Antony Kay marcou esse golaço para o Port Vale no clássico contra o Crewe Alexandra que acabou empatado em 2-2

Postado por Eduardo Werner De São José dos Pinhais - PR, tenho 18 anos e estudo Relações Internacionais. Sou fã do futebol inglês e escocês, torço para Atlético Paranaense, Manchester United, Celtic e South Shields, da 7ª divisão inglesa