Modão Caipira #70 – Série B2 de volta ao Campeonato Paulista em 2021
3 de fevereiro de 2020

(Foto: Gustavo Amorim/Paulista FC)

 

A partir da próxima temporada, o futebol paulista voltará a ter cinco divisões depois de mais de quinze anos. Na reunião do Conselho Arbitral da Segunda Divisão 2020 (o quarto nível do estadual), a maioria dos clubes foi favorável à criação da Série B2. Dos 36 times que participaram do evento e tiveram direito a voto, 23 foram favoráveis à criação.

Atualmente a Segundona é a última divisão na pirâmide estadual, então qualquer time que cumpra os requisitos pedidos pela FPF pode participar – em 2019 foram 41 equipes, por exemplo. Mas com essa mudança, a partir de 2021 terá 16 times, da mesma forma que as três primeiras divisões. Com a mudança de regulamento para essa temporada, serão 4 grupos e os quatro melhores de cada um chegarão às oitavas de final, portanto os 14 times que não conseguirem o acesso serão os classificados para o torneio do ano que vem, chamado de “Segunda Divisão Série A” pelo presidente da Federação Paulista, Reinaldo Carneiro Bastos, em entrevista ao site Futebol Interior.

Para resumir, o quarto nível de 2021 terá os classificados entre 3º e 16º de 2020 com o acréscimo dos dois rebaixados da Série A3 desse ano, enquanto a nova quinta divisão abrigará todos os outros times profissionais que estiverem dentro dos padrões requeridos pela federação e tiverem interesse de participar.

Parece um pouco assustadora a ideia de um único estado ter cinco divisões, mas no começo do século o Campeonato Paulista chegou a ter incríveis SEIS divisões! Isso mesmo, entre os anos de 2001 e 2003 chegou a existir uma Série B3, mas a inviabilidade financeira tanto para clubes quanto para a FPF fez a mesma ser extinta rapidamente, com apenas três edições. Corinthians B, Portuguesa B e Força (Caieiras) foram os campeões de cada ano, respectivamente.

Os clubes reunidos no Arbitral da “Bezinha” decidiram pela volta da B2 (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

A quinta divisão, por sua vez, tem uma história um pouco mais longa na pirâmide estadual. Com algumas mudanças de nomes no decorrer dos anos, ela existiu ininterruptamente entre 1994 e 2004, tendo ainda duas edições em 1978 e 1979. Nenhum clube venceu duas vezes este nível do campeonato estadual, e os únicos campeões que atualmente estão em um alto escalão são Bragantino (hoje Red Bull Bragantino) e Oeste (que quando foi campeão era de Itápolis, e hoje tem sua sede em Barueri). O último campeão foi o Taboão da Serra, que em 2020 estará na Segunda Divisão – ou seja, pode ser um dos participantes da B2 2021.

Não há uma definição de regulamento, nem foi discutido se existirá um número limite de participantes – o que não deve ocorrer. Outro ponto que não foi definido é a questão do limite de idade, pois atualmente na Segunda Divisão os clubes podem inscrever apenas jogadores Sub-23. Todas essas questões devem ser decididas apenas entre os meses de outubro e novembro, com o fim de todas as competições estaduais da temporada e o início dos preparativos para 2021.

Para quem gosta das divisões inferiores e de acompanhar o futebol alternativo, a nova-velha Série B2 será um prato cheio a partir do ano que vem!

Postado por Leonardo Tudela Del Mastre Natural de Sorocaba-SP, amante do futebol do interior paulista e torcedor de São Bento e Corinthians. Além do amor pelo interior, viciado no futebol como um todo. Formado em Processos Gerenciais pelo IFRS.