Mineiro – América
28 de janeiro de 2013
Categoria: 4-3-3

O fim de 2015 e o inicio de 2016 para o América foram fantásticos. Em 2015 o clube conseguiu o acesso para a elite do futebol brasileiro, o clube estava de volta à primeira divisão do futebol brasileiro. Em 2016, o clube foi campeão mineiro em cima do rival Atlético.

O América iniciou a temporada de 2016 mantendo seu treinador Givanildo Oliveira, que é conhecido como “Rei do Acesso” por ter em seu histórico seis acessos (sendo 3 no América). O coelho também mantido a base do ano anterior e terminou a primeira fase do mineiro, em 2016 na quarta colocação. De cara, iria enfrentar o melhor clube do mineiro até então, o rival Cruzeiro, que estava invicto.

Mas bastaram apenas 90 minutos de jogo para o América quebrar essa invencibilidade. Na primeira partida, o clube venceu o Cruzeiro por 2 a 0 e só precisou de segurar o resultado no segundo jogo para que fosse a final.

Na final, outra grande pedreira: o Atlético, que havia passado sufoco mas havia conseguido eliminar a URT nas semis do estadual.

No primeiro jogo, em um jogo duríssimo, o América venceu o Atlético por 2×1 no Independência. Já no segundo, o empate em 1×1 definiu o Coelho como campeão mineiro 2016. Depois de 15 anos sem título do estadual, o América enfim voltava a ver o brilho de uma conquista.

Porém a lua de mel entre torcida e clube começava a ser abalada profundamente no segundo semestre. O clube entrou em uma verdadeira depressão e todos momentos de glória passaram a ser momentos de tristeza .

No Brasileirão o clube estreou com derrota em casa para o Fluminense e continuou numa sequência ruim, até que na quinta rodada, após derrota para a Ponte Preta, o América demitiu Givanildo Oliveira. Para seu lugar foi contratado o português Sérgio Vieira, que estava na Ferroviária.

Sérgio Vieira não conseguiu bons resultados com o América. Depois de apenas 43 dias no clube, o português foi demitido. Para seu lugar foi contratado o treinador Enderson Moreira.

Enderson conseguiu melhorar o time e ensaiou até uma pequena reação, chegando a tirar o América da lanterna nas últimas rodadas do campeonato, mas não foi o suficiente. O América ficou com a lanterna do Brasileirão e foi rebaixado novamente à segunda divisão.

Com muitas dúvidas e um “novo time”, Enderson Moreira espera conseguir repetir o feito de Givanildo e ser campeão mineiro com o América. (Foto/Reprodução: Dudu Macedo / Fotoarena)

Para 2017 o clube manteve o treinador Enderson Moreira e anunciou uma série de contratações. Nesse ano o clube terá mais de 10 caras novas. O América contratou jogadores para todas as posições do elenco, exceto para o gol. Nos novos reforços destacam-se o meia Gerson Magrão (vice-campeão da Libertadores de 2009 com o Cruzeiro) e os atacantes Maríon (ex-Atlético) e Hugo Almeida (destaque do Juventude). Outros reforços confirmados são: Rafael Lima e Renato Justi, o lateral Pará, o volante Gustavo Blanco, e o atacante Bruno Furlan.

O time base do clube mineiro que deve disputar a competição é composto por: Ricardo; Alex Silva, Rafael Lima e Renato Justi; Auro, Gustavo Blanco, Tony e Ernandes; Gerson Magrão (Matheusinho), Mike (Marion) e Hugo Almeida.

O clube estreia no domingo (29) ás 19h 30, contra o Democrata em Governador Valadares.

Postado por Rodolfo Silva