Guia 4-3-3 do Brasileirão 2018 – Bahia
14 de abril de 2017

 

O ano até aqui:

A temporada do Bahia começou um tanto conturbada. Carpegiani, treinador que terminou o ano de 2017 e caiu nas graças da torcida, não ficou e o clube baiano contratou Guto Ferreira para o seu lugar. O retorno do “Gordiola” não foi bem visto pela torcida, já que no ano anterior o mesmo abandonou o clube no início do Campeonato Brasileiro para rumar ao Inter. A mágoa falava alto e fazia a cobrança com o “novo” treinador ser grande, para piorar, o clube não apresentava um futebol vistoso, tampouco sinais de evolução. Escolhas erradas do treinador se repetiam, como a insistência em Mena e Kayke. Também teve azar em algumas peças não começarem tão bem a temporada, especialmente Zé Rafael – que oscila bastante nesse início de ano – e Edigar Junio, goleador do Bahia em 2017 jogando como referência, que caiu bastante de rendimento ao ser deslocado para a ponta.

Mas não vinha sendo tudo ruim e, mesmo nessa má fase, o Bahia possuía jogadores de destaque. Vinícius e Gregore já se mostraram vitais ao esquadrão. Além deles, Nino Paraíba resolveu o problema da lateral direita e os jovens Junior Brumado (18) e Marco Antônio (20) foram gratas surpresas. De pouco em pouco, o 4-1-4-1 do Bahia veio apresentando melhoras e o treinador foi aprendendo com os erros. Deslocou Edigar para a posição onde terminou bem o ano anterior, deu a titularidade ao jovem Marco Antônio e vem dando mais tempo de jogo a Júnior Brumado.

Time sagrou-se campeão baiano de 2018.

Expectativas:

Com essa evolução, já é possível saber como será o Bahia de 2018. Um time compacto, que tenta sempre sair jogando e que tem em Vinícius o cérebro do time. Os jovens Marco Antônio e Junior Brumado são revelações e a tendência é evoluírem. A expectativa é de classificação para a Sul-Americana, mas, com um pouco de sorte, é possível ver o time brigando pelo G6 (ou G-8).

Time base:

Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca, Léo Pelé; Gregore; Zé Rafael, Vinícius, Elton, Marco Antônio; Edigar Junio.

Folheie o álbum 4-3-3 completo

 

Avatar
Postado por Joao Victor 22, estudante e apaixonado por futebol, especialmente o italiano. Torcedor de Bahia e Juventus.