A estratégia de marketing que leva a Red Bull a investir no futebol
18 de agosto de 2020
Categoria: 4-3-3 e Futebol

Em 2018 a Red Bull lançou uma edição especial de suas latinhas em homenagem aos torcedores do New York Red Bull (Foto: Soccer Bible)

Saiba o que a empresa de energético busca ao arrastar suas asas para o esporte, e principalmente, para o futebol

Para penetrar em um novo mercado então, a Red Bull passou a fazer parte de eventos que poderiam torná-la mais conhecida em , com esportes de menos popularidade. Desde o primeiro evento patrocinado em 1988, o Dolomitenmann, (competição de esporte radical que envolve corrida, paraquedismo, ciclismo e caiaque) até aqui, a empresa austríaca passou a realizar ela mesma os eventos ao invés de apenas patrociná-los.

Hoje a Red Bull organiza dezenas deles — que vão desde corrida de aviões e competições de motocross, até campeonatos de rap freestyle (foto abaixo) e de cubo mágico . Com o tempo, ao conseguir expandir seu mercado, , ao comprar duas equipes de Fórmula 1 e quatro de futebol, se aproximando de públicos cada vez maiores.

Image for post

Ao centro, o rapper argentino Wos, campeão da Red Bull Batalla de los Gallos de seu país, em 2017 (fonte: El Estilo Libre)

*Se você gosta de batalhas de rap, fica aqui a dica para assistir à final latino-americana de 2018 entre WOS e o mexicano Aczino, neste link.

 

 

Image for post

Jogo de opostos na Bundesliga: Jogadores do RB Leipzig – equipe mais nova do campeonato, comemoram gol em cima do Union Berlim – a equipe mais velha. (Fonte: Bundesliga)

Image for post

Média de idade das equipes da Bundesliga: RB Leipzig tem o elenco mais jovem da competição (fonte: CIES Football Observatory)

Theodoro Montoto
Postado por Theodoro Montoto Paulistano de 21 anos, estudante de administração da FAAP-SP que acredita que se a arte imita a vida, viver o futebol seria um bom ponto de partida para começarmos a entender ambas as coisas. Escrevo sobre gestão e marketing esportivo no futebol