A esperança entre os modestos – Parte 1
15 de julho de 2020
Categoria: 4-3-3 e Futebol e Internacional

 

O campeonato italiano voltou da quarentena e alguns clubes chamaram muita atenção na terra da bota, a Juventus com Cristiano Ronaldo e Dybala super entrosados, a Atalanta e seu futebol envolvente. Porém, pouco se olha para a metade de baixo da tabela do Calcio, nós resolvemos analisar os clubes que ocupam do décimo primeiro ao vigésimo lugar e trazer aqui os principais valores desses elencos. Dividiremos o texto em duas partes para melhor compreensão, neste aqui, falaremos dos times entre a 11° posição até a 15°. Temos desde promessa de grande potencial a veterano gastando os últimos cartuchos, vamos nessa?

Udinese (15°)

Rodrigo de Paul

Rodrigo De Paul renova com Udinese até 2024 | Futebol na Veia

Pau pra toda obra, De Paul não é novidade para ninguém. Marca gols, combate, dribla e constrói jogadas. Titular na seleção argentina, é um dos jogadores mais criativos da liga e pode desempenhar várias funções no meio campo, embora atualmente seja de preferência um mezzala pela direita. Outro que pede passagem em equipes maiores há um tempo.

Juan Musso

Udinese's Juan Musso: “Happy About Inter's Interest In Me”

Outro argentino, Musso é um goleiro de bons reflexos e que também está no radar da seleção argentina. Desejado por Antonio Conte para reserva de Handanovic, Musso é um dos raros destaques de mais uma campanha inexpressiva da Udinese.

Seko Fofana

Hammers should pursue move for Seko Fofana - Read West Ham

Se no lado direito do meio campo De Paul faz estrago, no outro lado o trabalho de Fofana não pode ser desprezado. Habilidoso meia marfinense e com boa ambidestria,  Fofana é o líder de assistências na Udinese com 7 colaborações nesse sentido. Seus aspectos defensivos ainda deixam a desejar e podem ser talvez o empecilho para que ele alce voos maiores.

Sampdoria (14°)

Fabio Quagliarella

Top 5: os jogadores que mais provocam pênaltis no futebol europeu ...

O interminável Quagliarella não está no estado de graça da temporada passada quando marcou 26 vezes, mas ainda causa estragos. Autor de gols de improváveis, frio e correto nas decisões fora da área, além de ser um líder dentro do elenco. A temporada da Sampdoria poderia ser ainda pior sem a sua presença.

Gastón Ramírez

Gianluca Di Marzio :: Sampdoria, Gaston Ramirez:"I didn't have ...

Meio campista uruguaio de muita chegada na área adversária, o que resultou no fato de ser o vice artilheiro da equipe e uma das melhores médias de gols por minuto dentro da liga. Além disso é um meia que toma conta da bola parada, sabe sair bem da pressão e tem bom trabalho defensivo.

Omar Colley

Coronavirus Finally Hits Gambia As Omar Colley Reportedly Tests ...

O zagueiro gambiano de 27 anos é a referência do sistema defensivo da Samp nessa Serie A. Ele que já tinha atuado em bom nível na temporada passada após vir do futebol belga, assumiu protagonismo especialmente nas jogadas aéreas, algo inclusive esperado em função de sua estatura.

Fiorentina (13°)

Erick Pulgar

Erick Pulgar continuará entrenamientos en Fiorentina pese a casos ...

Numa campanha que não corresponde com as expectativas do caro elenco da Viola, Pulgar ao menos fez valer muito mais do que os 10M de euros pagos por ele ao Bologna. Protagonista na saída de jogo, combativo sem a bola, o meia chileno comanda o meio campo e ainda auxilia bastante na bola parada. Como bônus ainda marcou 6 gols de pênalti.

Franck Ribery

Ribery calls out FIFA 20 for his player's poor graphics | Goal.com

Craque que dispensa apresentações, aos 37 anos Ribery mostra que ainda tem lenha pra queimar. Se envolvendo mais na construção e com o mesmo talento para driblar, Ribery pode não ter mais o fôlego que tinha nos seus melhores anos de Bayern, mas ainda entrega mais futebol que os discretos 3 gols e 2 assistências aparentam.

Gaetano Castrovilli

Fiorentina Midfielder Gaetano Castrovilli Is Inter's Top Transfer ...

Poderia alguém na Fiorentina driblar ainda mais que Ribery? Sim e ele atende pelo nome de Gaetano Castrovilli, o vice-líder no quesito em toda Serie A. O meia estreou depois de um bem sucedido período de empréstimo pela Cremonese e convenceu tanto que foi convocado para a seleção italiana e despertou interesse da Juventus. Entretanto a Viola não parece disposta a abrir mão tão facilmente e sinaliza que exigirá valores exorbitantes pelo jogador. Não seria surpresa se permanecesse como foi o caso de Federico Chiesa.

Parma (12°)

Dejan Kulusevski

Vai dar que falar... Dejan Kulusevski

O sueco vindo da Atalanta tem uma ascensão meteórica nessa temporada. Com apenas 20 anos e mesmo atuando numa equipe extremamente reativa o meia que atuou quase sempre como ponta direita rapidamente chamou atenção por seus índices criativos dentro da Serie A. Com muita visão de jogo, gols, belas arrancadas e comprometimento com a fase defensiva o sucesso não passaria batido. Disputado com a Internazionale o jovem já fechou com a Juventus pela bagatela de 35M de euros + bônus.

Andreas Cornelius

Parma up to seventh in Serie A with win over Lecce - Sportsnet.ca

Outra colaboração da Atalanta, o dinamarquês Cornelius é referência para tirar o Parma do sufoco, servindo como alvo para ligação direta, ajudando com a retenção no pivô ou com “casquinhas”, visto que ganha 63% das disputas pelo alto. Curiosamente dos seus 11 gols, 6 foram em uma única “vítima”: o Genoa foi duramente castigado, sofrendo dois hat-tricks do centroavante.

Bruno Alves

El Parma renueva a Bruno Alves - TODOFICHAJES.COM

O zagueiro português chegou a ser dado como acabado, mas mostra no Parma que ainda pode colaborar muito se bem utilizado. Titular absoluto ele qualifica a saída de bola com lançamentos, muitos deles visando Cornelius. Mas seu real impacto é no jogo aéreo. O Parma se retrai e o protege de situações de mano a mano e ele garante que pelo alto nada chegará à meta de Luigi Sepe. 81 % de disputas aéreas e 5 cortes por jogo representam bem sua dominância no setor.

Cagliari (11°)

Radja Nainggolan

Inter Milan loanee Radja Nainggolan 'may have to take pay cut to ...

A campanha do Cagliari era maravilhosa até dezembro de 2019. De lá pra cá o rendimento geral só caiu, mas ainda assim alguns nomes cabem muito destaque e o primeiro é o belga Nainggolan. Meio campista completo, mas de carreira problemática, acabou sendo cortado do projeto de Antonio Conte na Internazionale. No Cagliari ele chega pra mostrar que ainda é um jogador extremamente criativo, capaz de marcar gols de fora da área, lançar e influir em todo o meio campo.

João Pedro

Pausa no futebol breca temporada artilheira de João Pedro, do ...

Quase desconhecido do cenário do futebol brasileiro, aos 27 anos João Pedro vem alcançando o auge de sua carreira. 17 gols partem também de sua transformação. Era um meia com boa chegada à área, mas Zenga preferiu encurtar o caminho e utilizá-lo logo como segundo atacante. Deu certo e pouca gente esperaria que ele marcasse tanto.

Marko Rog

Doppia seduta di allenamento. Rog parzialmente in gruppo

Se Nainggolan brilha na construção e João Pedro define as jogadas, quem trata de destruí-las  é o volante croata Marko Rog. Cansado de ser um “sub-Allan”, Rog deixou o Napoli e assumiu protagonismo no meio com muitos desarmes, mas também envolvimento na criação de jogadas do Cagliari. O setor também conta com Nández e Cigarini e explica o bom desempenho da equipe no início da temporada.

Avatar
Postado por Osório Lopes Universitário, torcedor da seleção argentina, viciado em poker, Rock and roll e futebol.