VESTINDO O FUTEBOL #08 – Le Coq Sportif
4 de maio de 2017

 

 

Com mais de 100 anos de existência e diversas histórias, a Le Coq Sportif é uma das fornecedoras esportivas mais antigas da história. Foi fundada em 1882 pelo francês Émile Camuset, seu slogan original é “La marque des champions” ou em português, “A marca dos campeões”. Seu símbolo é inspirado no “The Gallic Roster”, um galo que se tornou -não oficialmente- um dos símbolos do nacionalismo na França devido a valores éticos, morais e cívicos atrelado a diversas histórias do povo residente no país.

A empresa começou com uma loja bem pequena e, diferente de algumas outras que já citei neste quadro, já iniciou diretamente ligada a produção de vestimentas para a prática de esportes em geral. Como atuavam em um tempo que camisas eram estritamente padronizadas e publicidade estampada nelas era praticamente proibida, pouco se via do logotipo da Le Coq nas camisas, porém, já na Copa do Mundo de 1958, a seleção francesa vestia as roupas confeccionadas pela empresa. O selecionado chegou na terceira posição (melhor classificação da história deles até então).

Just Fontaine sendo carregado.

 

O auge da LCS foi na década de 80. Assim como as outras, antes da dominância polarizada entre Nike e Adidas, companhias como a Le Coq tinham espaço para crescer pelo futebol afora. Nestes dez anos, a empresa patrocinou clubes como o Chelsea, Aston Vila, Everton, Tottenham, Sunderland, Ajax, Penarol e Saint Ettiene. Grandes seleções também fizeram parte do portfólio, tais como Argentina, França (como já citado), Senegal, Colômbia, Uruguai, Itália e Espanha.

Gary Lineker pelo Everton.

 

Há de se destacar a grande “sorte” da LCS com alguns clubes e seleções, que conseguiram suas principais conquistas e feitos vestindo a camisa da companhia francesa, justificando assim seu slogan. Com a Itália foi campeã mundial (1982), campeã mundial com a Argentina (1986), finalista da UCL com o Saint Ettiene (1976), campeã da UCL com o Aston Vila (1982), chegou as quartas de final de Copa do Mundo com Senegal (2002). Ressalto o número de times “improváveis” que tiveram participações relevantes em grandes torneios vestindo Le Coq.

Uma das maiores surpresas da Copa de 2002

Para quem pensa que não, a empresa também atuou aqui no Brasil nos anos 80. Atlético Paranaense, Fluminense, Sport (inclusive no título de 87), Internacional e São Paulo, todos na mesma década, tendo encerrado suas atividades com clubes de futebol aqui no Brasil no fim da mesma.

O polêmico título de 1987.

Atualmente, a LCS patrocina apenas a Fiorentina e o Saint Ettiene, segundo seu próprio site. Confira alguns trabalhos da empresa:

Fiorentina

Chelsea

Atlético Paranaense

Argentina

Saint Etiene

Manchester City

Fluminense

Postado por Renan Castro 23 anos, administrador, torcedor do Flamengo, natural de Nova Iguaçu - RJ, fã de aviação e dono de três quadros: Vestindo o Futebol, Ícones Alternativos e Memória FC.