VESTINDO O FUTEBOL #03 – Hummel
23 de maio de 2016
Alguns times costumam ficar marcados por conquistas históricas ou jogadores emblemáticos, entretanto, você lembra o que eles vestiam?

Essa é a tônica dessa nova edição do Vestindo o Futebol, onde falarei da fornecedora esportiva alemã Hummel, que ao longo de sua grandiosa história, já foi vestimenta de alguns times que qualquer apaixonado por futebol antigo vai se lembrar.

No ano de 1923, surge a Messmer & Co. Fundada por Albert Messmer em parceria com seu irmão Michael Ludwig, no subúrbio da cidade de Eppendorf, na Alemanha, a empresa começou fazendo apenas chuteiras.

Passaram-se 27 anos até que Bernhard Weckenbrock assumisse o controle da marcar e, com sua visão de mercado privilegiada, enxergasse que se limitar a apenas alguns produtos esportivos podava o potencial da empresa, além disso, ele procurava uma identidade visual, algo que fosse característico, assim surgiram as “setinhas” que a maioria das camisas Hummel coloca em suas mangas. Na visão dele, isso simboliza o espírito de equipe e a garra rumo à vitória, essa “setinha” também é chamada de Chevron Logo, por conta da empresa petrolífera. A partir daí a companhia passar a se chamar de fato e de direito: Hummel.

Porém, demorou para a fornecedora firmar de fato um contrato com algum clube profissional no futebol. Só veio a acontecer no ano de 1968, quando o Duisburg anunciou que havia fechado com a Hummel, e iria disputar a segunda divisão alemã daquele ano vestindo os uniformes da empresa.

Na década de 80 veio o início do auge da marca, que fechou com diversos clubes conhecidos pela Europa, destaque para o conjunto de times ingleses que vestiam Hummel em meados daquela década.

Chelsea, Southamptom e Tottenham, a Hummel se estabelecia na terra da rainha

Entre esses times europeus, estava o gigantesco Real Madrid, o clube merengue, que naquela época contava com o lendário atacante espanhol Butragueño, usava camisas feita pela marca alemã. Patrocinar o dito maior clube do mundo é um feito para poucas companhias.

Feito para poucos

Já nos anos 90, a consagração. Lembram-se da saudosa Dinamáquina campeã europeia de 92? Lembram da patrocinadora esportiva deles? Sim!

A dita cuja, um dos maiores selecionados da década!

Após tantos momentos de ápice, a Hummel acabou saindo do futebol mainstream pouco a pouco, até que em 2012 anunciou sua reentrada no mercado alemão, confeccionando as camisas do Karlsruher SC e também do St Pauli, outro clube tradicional da Alemanha.

Segue abaixo algumas camisas feitas pela empresa:

Utrecht- HOL 15/16
Strasbourg- FRA 14/15
Vitória de Setubal- POR 15/16
Sheffield- ING 13/14
St Pauli- ALE 15/16

 

Valladolid- ESP 15/16

 

Brondby- DIN 15/16
Alavés- ESP 15/16

 

Racing Santander- ESP 15/16

 

Pohang Steelers- KOR 15/16

Alguns outros clubes patrocinados pela Hummel:

Albacete- ESP

Tenerife- ESP

Real Murcia – ESP

Yokohama FC – JAP

Nacional – POR

Fica como curiosidade, a companhia possui um aplicativo, disponível tanto para IOS como para Android. Chama-se “The Hummel Football Game” e consiste na simples tarefa de executar chutes nos lugares destacados da baliza.

Simples, mas divertido

Deixem nos comentários ou na nossa página quem você quer que seja a próxima marca!








Postado por Renan Castro 23 anos, administrador, torcedor do Flamengo, natural de Nova Iguaçu - RJ, fã de aviação e dono de três quadros: Vestindo o Futebol, Ícones Alternativos e Memória FC.