Um goleador nos campos digitais – Gustavo Buteri, do Ultras 4-3-3
23 de março de 2019
Categoria: Pro Clubs e Ultras 4-3-3

 

A ligação de uma criança com o futebol pode, muitas vezes, ser dividida em duas frentes. Em campo, na rua ou na quadra, o clima é de sonho. Ao pisar no terreno para uma peleja, não há quem não veja um filme passando na cabeça. O sonho de, anos depois, entrar em um grande estádio passa a cada toque na bola. O gol, sem comemoração, dá lugar a uma ensurdecedora torcida na imaginação.

Deixando toda essa ‘seriedade’ de lado, há o momento de relaxamento. Com um controle na mão e muita paixão, os gols também saem na tela do videogame. Há anos, essa segunda realidade não era encarada como um sonho ou possibilidade para o futuro. Mas isso mudou e o universo dos e-Sports só cresce.

Em 2007, o pequeno Gustavo Buteri conheceu o FIFA. Em seu computador, deu os primeiros toques, cruzamentos e chutes com o game lançado naquele ano. Os gols aos poucos foram saindo, mas o garoto não fazia ideia de que viriam tantos. Depois de um hiato, reencontrou o jogo na versão especial da Copa do Mundo de 2010, já nos consoles. A paixão já era grande, mas tudo mudou em 2014.

Foi o meu primeiro contato com o Pro Clubs. Depois desse momento, comecei a sonhar!“, diz o carioca, que rapidamente fundou o Divine Dortmund para ingressar nos torneios da modalidade – o Pro Clubs é um modo online de Fifa onde cada jogador controla um dos atletas no campo. Ou seja, são 11 players contra 11.

Anos depois do início no modo, Buteri ganhou reconhecimento nacional no cenário. Considerado um dos melhores atacantes do país, por acumular números incríveis, o artilheiro foi convocado para a Seleção Brasileira. Ainda assim, porém, ainda tenta assimilar tudo que vem acontecendo em sua carreira.

O convite foi algo que eu realmente não esperava. Mas fiquei muito feliz, era o que mais queria no Pro: defender minha seleção. Me chamaram uma semana antes da Copa do Mundo. Eu não estava acreditando, porque nunca tinha sido convocado”, relembra.

Repetindo as boas atuações com a amarelinha e se firmando cada vez mais entre os representantes do país no Pro Clubs, Buteri deu novo passo na carreira. Nos últimos dias, se junto ao Ultras 4-3-3, equipe que representa o Blog 4-3-3 no Xbox One.

O que me atraiu foi a organização e seriedade do projeto. Minhas expectativas são as melhores possíveis! Fazer muitos gols, entrar para a história do clube e quem sabe se tornar um ídolo para a torcida (risos)“, projeta o jogador.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

A torcida clamou e a diretoria foi atrás! Com um passado recheado de títulos, com experiência de sobra, com espírito de decisão e uma qualidade inigualável, @gustavo_buteri vem vestir a camisa 7!! Envie via history todas suas dúvidas! Amanhã, véspera de estreia, @gustavo_buteri estará ao vivo na @insoniagame falando sobre seu novo desafio! Acompanhe também nossas mídias no Facebook, Instagram, Mixer, Twitch & YouTube! http://instagram.com/Ultras.433 http://facebook.com/ultras433eS http://Twitch.tv/blog433 http://mixer.com/Ultras433 https://www.youtube.com/channel/UCf0RZireBeGJRRhC6fP14tg @blog433 @appito_club @insoniagame @banzika.loja #ClinicaAmais #InfinityGFX #Fifa19 #blog433 #Appito #GoUltras433 #easports #proclubs #esports #futebol #vpsleague #Banzika #InsoniaGame

Uma publicação compartilhada por Ultras 4-3-3 ℹ️ (@ultras.433) em

Ainda no início de sua passagem com a camisa do Ultras, Buteri já vem cumprindo sua promessa quanto aos gols. Em seus primeiros oito jogos pelo clube, marcou 19 vezes e deu três assistências. Engana-se, porém, quem pensa que acumular tais números é tarefa fácil. Sem poder viver unicamente do e-Sports, o carioca concilia a rotina diária com a série de treinos ao lado de seus companheiros.

“Cada equipe tem sua maneira e dias de treinos. No Ultras, os treinos acontecem na segunda, terça e quinta, que são os mesmos dias dos campeonatos. O horário estipulado para iniciar o treino é às 20h. A partir das 22h se iniciam os jogos de campeonato. Para quem joga na seleção, os treinos geralmente ocorrem na quarta-feira e domingo ocorrem os jogos. Geralmente, só janto depois da meia noite”, resumiu.

 

“Sempre foi uma dificuldade conciliar devido as atividades. Hoje eu trabalho como assessor de vendas. Em dias de jogo tenho que correr para chegar na hora dos jogos. Mesmo tendo um dia muito exaustivo, é muito bom chegar em casa, colocar o headset e jogar o esporte que ama!“, acrescentou.

Ainda que o universo do Pro Clubs venha crescendo e se tornando cada vez mais lucrativo, as dificuldades de desenvolver um bom trabalho seguem grandes para equipes do modo. Lutando dia a dia para que o cenário cresça, agora Buteri tem sim um sonho bem específico com aquele jogo que, anos atrás, jogava por diversão: quer viver do FIFA.

O que mais dificulta as equipes é a falta de orçamento para investir nos atletas. Hoje, o meu sonho é que tudo isso se torne rentável e que eu possa me dedicar 100% ao modo!“, concluiu.

Quer acompanhar o time do Ultras e conhecer mais de perto o modo Pro Clubs? Siga a página da equipe no Instagram ou no Facebook. Não deixe de acompanhar os jogos ao vivo, clicando aqui.

Postado por Andrew Sousa Formando em Jornalismo justamente pela paixão pelo esporte, sente enorme prazer em poder escrever sobre o que ama. Apaixonado por um bom domínio e alguns jogadores ruins, vive o futebol desde o primeiro dos seus vinte anos.