Reserva de Luxo #2 – Thiago Santos
12 de maio de 2018
Categoria: 4-3-3 e Futebol e Nacional e Séries

César Greco/Palmeiras

O segundo personagem do Reserva de Luxo é volante do Palmeiras e um dos melhores em sua posição no Brasil e herdará a vaga de Felipe Melo, que está suspenso, no clássico contra o Corinthians: Thiago Santos.

Thiago dos Santos nasceu no dia 5 de setembro de 1989 em Curitiba/PR. Embora tenha passado grande parte da sua vida na capital paranaense, o jogador nunca atuou profissionalmente por um clube do estado do Paraná. Até chegar ao Palmeiras, há três anos, o volante passou por quatro clubes mineiros.

Leia também: Reserva de Luxo #01 – Walter

Mesmo tendo atuado na base do Prudentópolis desde 2008, do Paraná, se mudou para Minas Gerais para jogar na base do URT. Ali, em 2011, começou sua carreira nos clubes do estado.

Entretanto, a sua primeira equipe não foi o URT, mas sim, o Nacional/MG. O clube mineiro foi criado em 2008, mas logo conseguiu o título em 2010 – um ano antes da chegada de Thiago. Lá, o paranaense jogou mais de cinquenta partidas entre 2011 e 2013.

Ele jogou ainda pelo Araxá e pelo Ipatinga, ambos de Minas Gerais, e pelo Linense, de São Paulo, antes de se mudar para Belo Horizonte após ser negociado com o América Mineiro em 2014. Em apenas uma temporada e meia, o volante conseguiu chamar a atenção de um clube da elite brasileira.

O volante, quando ainda jogava no Linense, marcando Wesley, que era jogador do Palmeiras (Foto: Leandro Martins/ Futura Press)

Thiago Santos jogou o campeonato estadual e a segunda divisão do nacional pelo América e fez parte do elenco que subiu para a Série A do Brasileirão em 2015, embora tenha se transferido na metade daquele ano ao Palmeiras. Na Série B de 2014, o atleta foi o maior ladrão de bolas, com 74 roubadas ao longo da competição.

Thiago Santos, ainda no América Mineiro, comemorando gol ao lado de seu companheiro

Com o seu excelente desempenho no clube de Belo Horizonte, Thiago foi contratado para suprir a ausência de Gabriel, na época, jogador do Palmeiras e atualmente no arquirrival Corinthians, que havia machucado.

Entretanto, o volante disse não ter sido “tapa-buraco”. Alexandre Mattos reiterou o valor do Thiago dizendo que já vinha monitorando o atleta, mas a contusão do titular acelerou o processo de contratação.

Na entrevista coletiva, Thiago Santos disse:

“Comigo é mais marcação. Sempre marquei forte. No Paulista do ano passado fui um dos maiores ladrões de bola, vinha sendo na Série B também. Eu assisti a alguns jogos do Gabriel, ele também rouba bolas. Espero ajudar o Palmeiras nesse quesito”

Deste dia em diante, são 112 jogos com a camisa alviverde, conquistando dois títulos: Brasileiro de 2016 e a Copa do Brasil em sua primeira temporada como jogador do clube paulista.

Ele chegou e logo conseguiu estar entre os 11 titulares, mesmo sendo a vigésima quinta contratação do clube naquele ano. Ao lado de Arouca, montou uma forte dupla de volantes no elenco que conquistou a copa nacional.

Com a chegada de Cuca, no entanto, ele não era um titular absoluto, mas sempre entrava durante os jogos e até revezava a titularidade com Cleiton Xavier, atuando em partidas que necessitavam de uma consistência defensiva maior.

Após a saída de Felipe Melo durante a temporada passada, Thiago conseguiu a titularidade novamente, já que a perdera com a contratação do renomado volante. Voltou a ser reserva com o retorno de Felipe neste ano, mas sempre entrando no decorrer das partidas – fazendo dois gols neste ano.

Ele é um volante destruidor de jogadas, apesar de conseguir uma saída de bola interessante. Há alguns torcedores que o querem como titular, dada a sua calma e tranquilidade – ele nunca foi expulso como jogador do Palmeiras – durante os jogos e por não se envolver em tantas polêmicas – muito diferente de seu adversário de posição. 

NÚMEROS DO THIAGO SANTOS EM BRASILEIRÃO NOS ÚLTIMOS TRÊS ANOS, SEGUNDO O FOOTSTATS:

(Fonte: Footstats)

2018

Jogos: 15
Gols: 2
Desarmes: 27
Passes certos: 259

2017

Jogos: 42
Gols: 1
Desarmes: 95
Passes certos: 842

2016

Jogos: 40
Gols: 1
Desarmes: 97
Passes certos: 739

De acordo com os dados do Whoscored, o volante de 1,81 metros ganha mais da metade das disputas de bolas aéreas disputadas durante as partidas. Além disso, ele desarma um pouco mais de dois jogadores, perdendo menos de uma tentativa por jogo.

No Brasileirão-2017, Thiago Santos foi o terceiro melhor desarmador da equipe, com 44 roubadas de bolas. Já, em duas partidas que participou da Libertadores deste ano, é o quinto melhor do time neste quesito com cinco desarmes. 

Do Banco à Titularidade: em quais times Thiago Santos seria titular?

Apesar de ser reserva no Palmeiras, Thiago Santos poderia ser titular em alguns clubes do Campeonato Brasileiro:

  • América Mineiro – Apesar da recente contratação do volante Leandro Donizete, muito provavelmente, a volta do volante do Palmeiras ao clube mineiro não seria rejeitada pelo treinador da equipe Enderson Moreira.
  • Vasco – Depois de recentes resultados ruins, a defesa do Vasco mostrou sua fragilidade e a ausência de um volante destruidor de qualidade para ajuda-los. Thiago poderia auxiliar muito a equipe do treinador Zé Ricardo ao lado de Desábato.
  • Botafogo – Ao lado de Rodrigo Lindoso, o volante poderia ser mais um bom jogador defensivo no elenco que ainda tem a dupla de zagueiros de qualidade Joel Carli e Igor Rabello. Alberto Valentim, inclusive, já trabalhou com o paranaense no Palmeiras.
  • Em alguns times menores, como Paraná, Vitória e Chapecoense, Thiago Santos seria titular sem muito esforço.
Postado por Rafael Brayan Torcedor do Corinthians e adepto do jogo inglês, sou apaixonado pelo futebol bem jogado. A única coisa que pode ser comparado a assistir um bom jogo é uma conversa sobre este esporte com bola.