Paraibano – Treze
28 de janeiro de 2013
Categoria: 4-3-3

Quinze vezes campeão paraibano, o Treze entra na
temporada de 2017 com a missão de quebrar o jejum de não vencer o campeonato
desde 2011, quando se sagrou bi campeão da competição. Desde então, o mais
perto que o Galo da Borborema chegou de levantar o troféu foi no ano de 2013,
onde acabou sendo derrotado na final em casa, jogando com a vantagem do empate,
pelo Botafogo, frustrando sua torcida.

Vindo de um 2016 sem brilho, onde ocupou a 6ª colocação
no estadual e sequer se classificou para a disputa da Série D, o Treze está em
dívida com seu torcedor. E a maneira de pagar essa dívida é conquistando a taça
do campeonato paraibano, que por sinal é a única competição do alvinegro na
temporada de 2017.
O maior título do Galo da Borborema foi o da Série B de
1986, na ocasião, dividido com outros três clubes, onde os 4 líderes de seus
respectivos grupos foram considerados vencedores da competição. Para voltar a
ter a possibilidade de repetir tal feito, o Treze tem pela frente uma longa
caminhada que passa diretamente por uma boa participação no campeonato
estadual, onde a equipe precisa conquistar uma vaga para a Série D do ano seguinte,
e a partir daí construir sua caminhada rumo às divisões superiores.
Em 2011 o Treze levantou pela última vez o troféu de campeão estadual (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba)
Para a atual temporada, a aposta do Galo é no treinador
Leocir D’Allastra. Leocir chegou ao clube em outubro de 2016, e até aqui, no
campeonato paraibano, conquistou em cinco jogos, duas vitórias, dois empates e
foi derrotado uma vez apenas. Possui jogadores rodados e muito experientes em
seu elenco, como Otacílio Neto e o interminável Marcelinho Paraíba, com seus 41
anos.
O time base do Treze, que está tendo em mãos a
responsabilidade de iniciar um recomeço na história do clube alvinegro é: Bruno
Fuso; Everaldo, Léo Kanu, Laerte e Italo; Robson, Anderson, Patrick Mota e
Marcelinho Paraíba; Dico e Otacílio Neto.

Fundado em 1929, conquistou seu primeiro título paraibano
em 1940, logo no segundo ano que disputou o estadual. Conseguiu um
tricampeonato consecutivo, entre 1981 e 1983, e busca retomar o caminho dos
títulos neste ano de 2017, com o apoio de sua apaixonada torcida alvinegra.
Postado por Lucas Araujo