Para inglês ver #42 – Gol da própria área, playoffs na Inglaterra e final da temporada
11 de junho de 2018
Categoria: Para inglês ver

Torcida do Fulham na final dos playoffs da Championship

Chega ao fim mais uma temporada de futebol na Inglaterra! Nos últimos dias rolaram as finais dos playoffs da 2ª, 3ª e 4ª divisões inglesas, definindo assim todos os times promovidos da temporada! Mas não teve bola rolando só na Inglaterra não, na Irlanda teve gol da própria área, marca de 40 anos sendo quebrada e amistoso ”alternativo”. Confira!

ACESSO NA CASA NOVA?

Fulham e Aston Villa chegaram para a final dos playoffs após confirmarem o favoritismo nas semifinais e eliminarem, respectivamente, Derby County e Middlesbrough. O público de 85,243 torcedores viu uma das melhores finais de playoffs da Championship dos últimos anos, um jogo lá e cá com 51% da posse de bola e 15 finalizações do Fulham contra 49% de posse e 12 chutes a gol do Aston Villa. O Fulham abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo com um gol do meia escocês Tom Cairney após uma bela bola enfiada de Ryan Sessegnon, que foi eleito o melhor jogador da temporada na liga.

Na volta do intervalo o Aston Villa foi pra cima e criou algumas chances, até que, aos 25 minutos do segundo tempo, o lateral/zagueiro Denis Odoi, que havia feito o gol da classificação do Fulham na semifinal, foi expulso após receber o segundo cartão amarelo. Isso deixou a partida mais aberta e criou espaços para o Villa, que tentou até o fim, mas sem êxito. Vitória do Fulham por 1-0, que volta para a Premier League 4 anos após ser rebaixado. Já o Aston Villa terá que jogar a sua terceira temporada seguida na Championship.

Essa partida foi somente a segunda que o Fulham disputou em Wembley na história. A outra havia sido a final da FA Cup em 1975, quando perderam para o West Ham por 2-0. Vale lembrar que o  empresário Sadiq Khan, dono do Fulham, já expressou o seu interesse em comprar o estádio da Federação Inglesa, principalmente para servir de casa para o Jacksonville Jaguars da NFL, outro time o qual Khan é dono.

 

HERÓI IMPROVÁVEL

Assim como Fulham e Aston Villa, Shrewsbury Town e Rotherham United chegaram para a final dos playoffs da League One, a terceira divisão inglesa, após confirmarem o favoritismo e baterem, respectivamente, Charlton Athletic e Scunthorpe United nas semifinais. Diferentemente da final da Championship, o público dessa partida decepcionou, sendo de apenas 26,218 torcedores em Wembley. Mesmo assim, a partida foi emocionante e o futebol apresentado não decepcionou. Logo aos 9 minutos do primeiro tempo, o Rotherham teve a chance de abrir o placar, porém o atacante David Ball (aquele mesmo que concorreu ao Puskás em 2015) desperdiçou uma cobrança de pênalti que foi defendida por Dean Henderson, goleiro do Shrewsbury que está emprestado pelo Manchester United. Ainda no primeiro tempo, aos 32 minutos, o zagueiro e capitão Richard Wood apareceu livre na pequena área para marcar de cabeça o primeiro gol do Rotherham na final.

Na volta do intervalo o Shrewsbury foi pra cima e, aos 13 do segundo tempo, marcou um gol após uma bela cobrança de falta ensaiada da beira da grande área. O Rotherham teve algumas chances no resto do segundo tempo, porém a partida acabou 1-1 no tempo regulamentar e foi para a prorrogação. No tempo extra, aos 13 minutos do primeiro tempo, o zagueirão Richard Wood apareceu livre novamente e marcou o gol da vitória e do acesso do Rotherham para a segunda divisão inglesa. Wood já havia marcado um dos gols da vitória na semifinal em cima do Scunthorpe United.

BATE-VOLTA

Muitos clubes sentem bastante a queda de divisão e tem dificuldades na sua primeira temporada após o rebaixamento, como foi o caso do Sunderland, que conseguiu o feito de ser rebaixado duas vezes seguidas, indo da Premier League em 2016/17 para a League One em 2018/19.

Esse não foi o caso de Wigan, Blackburn e Rotherham. Os três clubes, que foram rebaixados da Championship na temporada passada, conseguiram o acesso logo na temporada seguinte. Mérito de boas administrações ou do fator financeiro, já que as três equipes receberam mais dinheiro do que as outras da liga?

 GOLAÇOS PARA O ACESSO

Coventry City e Exeter City chegaram para a final dos playoffs da League Two, a quarta divisão inglesa, após vitórias convincentes nas semifinais sobre Notts County e Lincoln City, respectivamente. Um grande público de 50,196 pessoas foi ao Wembley, sendo que cerca de 38,000 eram torcedores do Coventry. E eles acabaram muito felizes com a vitória por 3-1 que garantiu o acesso para a League One. Foram gols de Jordan Willis, Jordan Shipley e Jack Grimmer no segundo tempo (veja no vídeo). Kyle Edwards descontou para o Exeter no último minuto da partida.

Essa foi a segunda temporada seguida que o Exeter City perde a final dos playoffs da League Two, tendo perdido na temporada anterior para o Blackpool. Já o Coventry City conseguiu o acesso logo na temporada seguida ao rebaixamento. Um dado curioso: esse foi o primeiro acesso do Coventry City em 51 anos. O clube ficou na primeira divisão inglesa entre 1967 e 2001, sendo rebaixado para a segunda divisão, onde ficou até 2012. Disputou a terceira divisão até 2017, quando foi rebaixado para a quarta divisão. Ou seja, essa foi a primeira vez que a torcida do Coventry pode comemorar um acesso desde 1967.

 

BOX-TO-BOX

Pela 20° rodada do campeonato irlandês, o St Patrick’s Athletic recebeu o Cork City e estava perdendo por 2-1 quando conseguiu um escanteio nos acréscimos. Tyson Farago, o goleiro canadense do St Patrick’s, foi para o ataque, deixando o campo de defesa todo vazio. O escanteio foi batido e a bola sobrou para Kieran Sadlier, meia do Cork City, que chutou dali mesmo e marcou um gol a mais de 100m de distância.

O Cork City é o líder e atual campeão do campeonato irlandês, enquanto o St Patrick’s Athletic está na 6° colocação. Somente 10 times disputam o campeonato.

40 ANOS DEPOIS

A Irlanda bateu os Estados Unidos por 2-1 em um amistoso que ficou marcado como sendo o último jogo de John O’Shea pela seleção. Porém outro dado chamou muita atenção: Graham Burke, atacante de 24 anos do Shamrock Rovers, se tornou o primeiro jogador da Liga da Irlanda a marcar pela seleção da Irlanda desde 1978. O último a fazer um gol pela seleção havia sido Ray Treacy, também do Shamrock Rovers, que marcou dois gols na vitória da Irlanda sobre a Turquia por 4-2 em 1978.

Graham Burke, do Shamrock Rovers, quebrou uma marca de 40 anos pela seleção irlandesa

AMISTOSO ALTERNATIVO

Recentemente foi disputado na Irlanda um amistoso entre a seleção de amadores da Irlanda e a seleção C da Inglaterra. No time irlandês, só podem ser convocados jogadores irlandeses que jogam por times amadores do país. Já na seleção C da Inglaterra, só podem ser convocados jogadores sub-23 de equipes da 5° divisão para baixo.

A partida foi disputada no Whitehall Stadium em Dublin, casa do Home Farm da 3° divisão local. A maioria dos jogadores da Inglaterra foram convocados pela primeira vez, sendo que somente cinco jogadores haviam participado da vitória por 3-2 em cima da seleção C do País de Gales em março.

Mesmo com grande favoritismo dos ingleses, a vitória acabou ficando com a seleção irlandesa que venceu por 4-2. Os dois gols da Inglaterra foram marcados por Luke Pennell, do Dagenham & Redbridge, e Tom Walker, do Salford City, ambos da 5° divisão inglesa, que estrearam pela seleção.

Time de amadores da Irlanda bate Inglaterra C por 4-2 em amistoso

TORCIDA DA SEMANA

Cerca de 38,000 torcedores do Coventry City acompanharam o seu time no jogo do acesso para a League One. Mais de 75% do público total da partida!

GOLAÇO DOS PLAYOFFS

Você já viu lá em cima, mas vale a pena mostrar de novo! Jack Grimmer marcou esse golaço para o Coventry City na vitória por 3-1 em cima do Exeter City na final dos playoffs da League Two. O golaço mais bonito dos playoffs!

TIME DOS PLAYOFFS

Time dos melhores jogadores dos playoffs da EFL (2ª, 3ª e 4ª divisões inglesas).

JOGADOR DOS PLAYOFFS

Com dois gols e três assistências nas semifinais contra o Notts County e na final contra o Exeter City, o atacante Mark McNulty ajudou o Coventry City a conquistar o acesso para a 3ª divisão inglesa e leva o prêmio de melhor jogador dos playoffs da temporada 2017-18!

Postado por Eduardo Werner De São José dos Pinhais - PR, tem 17 anos e estuda Relações Internacionais. Fã do futebol inglês e escocês, torce para Atlético Paranaense e Manchester United