Para inglês ver #30 – Zebras na FA Cup, clássico decidido nos últimos minutos e torcedor fanático solitário
23 de fevereiro de 2018
Categoria: Para inglês ver

 

Mais uma semana se passou e tivemos muita coisa legal rolando nos gramados do Reino Unido. Teve clássico sendo decidido nos últimos minutos quando os torcedores já haviam deixado o estádio, torcedor de time da 8ª divisão que acompanhou sozinho o seu time fora de casa, grande zebras na FA Cup e uma copa que envolve times da Escócia, Irlanda, Irlanda do Norte e País de Gales chegando á sua final. Confira!

♫ ”WILL GRIGG’S ON FIRE…” ♪

Em uma das maiores zebras dessa temporada no futebol inglês, o Wigan Athletic, da 3ª divisão inglesa, se tornou o terceiro time a conseguir bater o Manchester City de Pep Guardiola. A partida foi totalmente comandada pelo Man City: ao todo foram 83% de posse de bola, 7 vezes mais passes tocados e 29 finalizações, contra apenas 4 do Wigan. E o gol da vitória por 1-0 não poderia ter sido marcado por ninguém menos que Will Grigg. O atacante norte-irlandês chegou ao seu 7º gol nessa edição da FA Cup. Se contarmos apenas a partir da fase em que os times profissionais entram na competição, ninguém marcou mais gols que Will Grigg. Agora o Wigan enfrentará o Southampton em casa nas quartas de final do torneio.

Após o fim da partida que determinou a classificação histórica do Wigan, a torcida fez a tradicional invasão de campo. Geralmente eles ocorrem sem problemas, mas dessa vez foi diferente: Aguero se entranhou com torcedores do Wigan ao mesmo tempo em que a torcida do Man City atirava objetos na polícia que os separava da torcida do Wigan.

Essa foi a terceira vez seguida que o Wigan veceu o Manchester City na FA Cup. Em 2013, a vitória veio na final em Wembley por 1-0 com um gol aos 45 do segundo tempo. A outra foi em 2014 nas quartas de finais, uma vitória por 2-1 na casa do Man City.

Will Grigg marcou o gol da histórica classificação do Wigan Athletic

ZEBRA

Outro resultado surpreendente aconteceu a pouco mais de 30km de distância de Wigan. Também na Grande Manchester, o Rochdale, lanterna da 3ª divisão, recebeu o Tottenham no Spotland Stadium. Na fase anterior, o gramado do estádio estava um pasto, mas dessa vez estava bem cuidado. Ambos os times tiveram boas chances de abrir o placar ainda no primeiro tempo, mas quem surpreendentemente o fez foi o Rochdale. Após falha de posicionamento da zaga do Tottenham em um rápido contra ataque do time da casa, o meia Ian Henderson abriu o placar pouco antes do intervalo. Aos 14 minutos da segunda etapa, o brasileiro Lucas Moura recebeu bola enfiada de Moussa Sissoko e mandou pro fundo das redes, marcando o seu primeiro gol com a camisa do time de Londres em sua primeira partida como titular no novo clube. O Tottenham então foi pra cima, teve ótimas chances de ficar na frente do placar com Wanyama e Lamela, porém o gol só saiu aos 43 do segundo tempo em um pênalti convertido por Harry Kane. Mas ainda havia muito tempo de jogo, e no 3º minuto dos 4 estipulados de acréscimo, o Rochdale empatou novamente a partida com um gol do atacante Steven Davie, que havia saído do banco de reservas no segundo tempo.

Pela segunda vez seguida, o Tottenham empata com um time de divisão inferior na FA Cup e terá a necessidade de disputar o replay em Wembley. O ganhador desse jogo enfrentará o vencedor de Swansea x Sheffield Wednesday, que também farão o replay.

O gol no último minuto levou o Rochdale à Wembley para o replay contra o Tottenham

OLD FARM

No último fim de semana rolou o East Anglian Derby entre Norwich City e Ipswich Town. O clássico também é conhecido como ”Old Farm” em alusão ao ”Old Firm” escocês e ao fato de a região onde as cidades estarem localizadas terem muitas fazendas. Ambas as equipes chegaram para a partida em situações parecidas, no meio de tabela, mas apesar de toda a espectativa em cima do clássico o único lance de destaque do primeiro tempo nem aconteceu dentro de campo: aos 16 minutos, a torcida do Norwich fez um minuto de aplausos para ”homenagear” os 16 anos seguidos do Ipswich na segundona inglesa. No segundo tempo o Norwich City dominou, inclusive acertando uma bola na trave, porém foram os rivais Ipswich que abriram o placar com um gol de cabeça do zagueirão Luke Chambers aos 44 minutos da segunda etapa. Torcedores do Norwich já saiam do estádio, quando aos 50 minutos, Timm Klose, também de cabeça, empatou a partida para o time da casa e os torcedores voltaram correndo pro estádio!

O empate marcou mais um clássico sem vitória do Ipswich. Já são 10 jogos seguidos desde 2009 sem conseguir bater os rivais em nenhuma competição, inclusive com uma derrota na semifinal dos playoffs da Championship em 2015.

EMPATE SUADO

Parece que o Norwich City gostou da ideia de conseguir o empate no finalzinho das partidas. Na quarta feira seguinte, os Canaries foram até Wolverhampton para enfrentar os líderes fora de casa. Logo aos 14 minutos da primeira etapa já estavam perdendo por 1-0 com um gol contra do ponta Jamal Lewis. A vantagem dos Wolves foi dobrada logo depois, aos 25 minutos, com um gol de cabeça do volante Alfred N’Diaye, mas o Norwich conseguiu diminuir para 2-1 dois minutos depois com um gol também de cabeça do alemão Christoph Zimmermann. No segundo tempo as duas equipes tiveram boas chances de balançar as redes, mas o gol só foi sair aos 48 minutos da segunda etapa, quando o português Nelson Oliveira do Norwich acertou um chute despretensioso de fora da área que foi aceito pelo goleirão dos Wolves. Esse foi o segundo empate conquistado pelo Norwich no último minuto de jogo em uma semana, e com o ponto conquistado o time fica na 13ª colocação na tabela, a 6 pontos de distância da zona dos playoffs. Já o Wolverhampton segue na liderança com 73 pontos, 9 a mais que o více-líder Cardiff City.

O português Nelson Oliveira marcou de fora da área o gol de empate do Norwich

ÊÊÊÊ GOLEIRÃO…

Um dos jogos mais esperados do último fim de semana na Championship foi o confronto entre Fulham e Aston Villa em Londres. Enquanto o Fulham, time da casa, só havia perdido 1 dos últimos 10 jogos na competição, o Aston Villa havia vencido todos os seus últimos 7 jogos na liga. E quem se deu bem foi o Fulham, que venceu por 2-0 com gols de Ryan Sessegnon, que chegou ao seu 12º gol na temporada, e Floyd Ayité, que aproveitou essa péssima saída de bola do goleiro Sam Johnstone do Aston Villa.
O Aston Villa está na 3ª colocação na tabela com 60 pontos, quatro atrás do vice-líder Cardiff City. Já o Fulham fica na 5º posição com 56 pontos, quatro a mais que o Sheffield United, primeiro time fora da zona de classificação para os playoffs.

SALVADOR VINDO DO BANCO

No último fim de semana o Leeds United enfrentou em casa o Bristol City. Ambos os times vinham de péssimas sequências de jogos e buscavam a vitória para se manter na briga por uma vaga nos playoffs. E parecia que os visitantes é que se sairiam bem dessa partida: em duas jogadas de cobrança de lateral, o Bristol City abriu 2-0 logo aos 16 minutos do primeiro tempo com gols de Famara Diedhiou e Bobby Reid. No segundo tempo, porém, a história mudou. Domínio total do Leeds United a partir da metade da segunda etapa que resultou no gol do alemão Pierre-Michel Lasogga aos 27 minutos. Eis que surge Kemar Roofe. O ponta havia entrado pouco tempo antes na partida e igualou o placar em 2-2 com um gol de carrinho após cobrança de escanteio aos 35 minutos do segundo tempo. Com mais de 10 minutos ainda para serem jogador, o Leeds foi pra cima e teve boas chances de virar a partida, a melhor delas com Lasogga, que acertou o travessão com uma cabeçada aos 48 minutos do segundo tempo.

Kemar Roofe marcou o gol de empate do Leeds contra o Bristol Coty

SALVADOR VINDO DO BANCO²

No meio da semana o Leeds entrou novamente em campo, dessa vez contra o Derby County fora de casa. Dessa vez a história foi diferente: apesar de grande domínio do Derby County no começo do jogo, foi o Leeds que abriu o placar com um gol de Pierre-Michel Lasogga aos 34 do primeiro tempo. Mas nos acréscimos da primeira etapa, após belo lançamento do zagueiro Curtis Davies, o austríaco Andreas Weimann empatou a partida para o Derby County. O cenário no segundo tempo se repetiu: apesar do domínio do time da casa, foi o Leeds que balançou as redes aos 34 da segunda etapa com um gol de Ezgjan Alioski após bela jogada de contra ataque de Samuel Sáiz (ambos haviam acabado de entrar na partida). Porém, 47 do segundo tempo, foi a vez de Kasey Palmer, meia do Derby County que entrou em campo no segundo tempo, mandar a bola pro fundo da rede com um gol um pouco esquisito.

Com o empate, o Leeds chegou ao seu 10º jogo seguido sem nenhuma vitória. A última vez que saiu com os três pontos de uma partida foi em 26 de deembro fora de casa contra o Burton Albion. Com 46 pontos, ocupa apenas a 11ª posição na tabela a 8 pontos de distância da zona dos playoffs. Já o Derby County fica na 4ª colocação com 59 pontos.

QUANDO O TIME NÃO COLABORA…

O Birmingham City foi massacrado por 5-0 pelo Brentford fora de casa na última rodada. Mesmo com a derrota, os torcedores visitantes do Birmingham acharam um jeito de se divertir na partida. Quando o time tinha a posse de bola, cantavam ”Nós temos a bola, nós temos a bola…” e quando perdiam a posse, cantavam ”Nós perdemos a bola, nós perdemos a bola…”. Confira:

GRANDE NOME NO COMANDO DO CLUBE

O Oxford United, time da 3ª divisão inglesa que conta com o brasileiro Ricardinho ex-Coritiba no elenco, anunciou que o clube foi adquirido por um milionário tailandês chamado Sumrith Thanakarnjanasuth, apelidado de ”Tiger”. O curioso é que Thanakarnjanasuth também possui 25% das ações do Reading FC, um dos maiores rivais do Oxford United.

O dono tailandês já foi em algumas partidas do Oxford United

NOVO LÍDER NO PEDAÇO

A National League North, uma das ligas que compõem a 6ª divisão inglesa, tem um novo líder. É o Harrogate Town, que venceu as suas últimas 5 partidas na liga. Tirar a liderança do Salford City era algo difícil de se imaginar a algumas rodadas atrás, quando eles estavam com 8 pontos de vantagem. Mas na última semana, enquanto o Salford perdeu alguns pontos com um empate, o Harrogate conseguiu duas grandes vitórias. A primeira veio fora de casa contra o Kidderminster Harriers, que também está lutando na parte de cima da tabela. A segunda veio dentro de casa, dessa vez contra o Alfrenton Town. O Harrogate abriu 4-0 no placar logo aos 34 minutos do primeiro tempo, deixou o Alfrenton encostar em 4-3 e teve que aguentar a pressão no fim do jogo.

Com essa duas vitórias, o Harrogate Town empatou em número de pontos com o Salford City, mas está na frente por causa do saldo de gols, que é melhor.

Com 5 vitórias seguidas, o Harrogate Town assumiu a liderança da National League North

VITÓRIA DO… CORINTHIANS?

No último sábado, pela 8ª divisão inglesa, entraram em campo Chipstead FC e Corinthian-Casuals. Esse último foi o time inglês que inspirou a fundação do Corinthians Paulista em 1910 e que veio para o Brasil disputar dois amistosos em 1988 e 2015. Mas voltando para o presente, a partida colocou o Chipstead, que estava no meio da tabela, frente a frente com o Casuals, que briga na parte de cima do campeonato. E quem saiu na frente do placar foi o Chipstead, com um gol de pênalti aos 20 do primeiro tempo. O Casuals pressionou no segundo tempo, e o gol de empate veio somente no último minuto do tempo regulamentar com o atacante Shaun Brown. Mas ainda havia tempo para o gol da virada, e ele veio aos 48 minutos com o atacante norte-americano Max Oldham. A vitória nos acrésimos foi de extrema importância para o Corithian-Casuals, que fica na 3ª colocação na tabela com 69 pontos, somente dois atrás do líder Lewes FC

Elenco do Corinthian-Casuals comemorando o gol da virada nos acréscimos

COPA BRITÂNICA

Na última semana tivemos as semifinais de uma copa muito interessante no Reino Unido. É a Scottish Challenge Cup, uma copa nacional escocesa que reúne todos os times fora da primeira divisão e mais os 12 times sub-20 dos clubes da primeira divisão. Desde a edição passada também foram adicionados dois times da Irlanda, Irlanda do Norte e Páis de Gales. Na edição atual da copa, os representantes desses países foram Bray Wanderers e Sligo Rovers pela Irlanda, Linfield e Crusaders pela Irlanda do Norte e Connah’s Quay Nomads e The New Saints pelo País de Gales.

No sábado foi disputada a primeira das semifinais entre Dumbarton, atual 9º colocado da segunda divisão escocesa (entre 10 times), e The New Saints, atual líder e hexa campeão da Premier League galesa. Foi uma grande partida que teve o placar aberto pelo TNS aos 7 minutos do segundo tempo com o ponta Dean Ebbe. O Dumbarton conseguiu empatar a partida aos 29 minutos com Daniel Handling e a virada veio somente aos 39 da segunda etapa com esse gol de falta de Dimitris Froxilias, pra delírio dos torcedores escoceses que viajaram até o País de Gales para ver a partida. Essa será a primeira final de copa que o Dumbaton disputará em mais de 100 anos!

ESCÓCIA X IRLANDA DO NORTE

A outra semifinal entre Inverness, atual 7º colocado da segundona escocesa, e Crusaders, atual líder do campeonato norte-irlandês, também foi cheia de emoção. O Inverness, time da casa, abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo com um gol do atacante George Oakley e ao final do primeiro tempo já vencia por 3-0. Parecia que o Crusaders não tinha mais chance alguma, porém o atacante Paul Heatley diminuiu aos 12 minutos da segunda etapa. Quando o lateral Brad McKay do Inverness foi expulso 6 minutos depois a partida ficou muito mais aberta, tanto que Paul Heatley marcou mais um para o Crusaders aos 34 minutos da segunda etapa. O Crusaders então foi mais pra cima ainda, perdeu algumas boas chances e também teve um jogador expulso quando Declan Caddell cometeu um pênalti aos 51 minutos do segundo tempo, que foi desperdiçado pelo meia Iain Vigurs do Inverness. Fim de jogo e classificação do Inverness.
A final entre Dumbarton e Inverness será disputada no McDiarmid Park em Perth, na Escócia, que é a casa do St Johnstone da primeira divisão escocesa. A final da temporada 2015/16 teve o maior público da história dessa copa quando 48,133 pessoas foram ao Hampden Park em Glasgow para a final entre Rangers, que na época estava na segunda divisão, e Peterhead. O Rangers venceu por 4-0.

O Inverness, em azul, bateu o Crusaders, em preto

SUPER TORCEDOR

Saca só esse torcedor do Whitam Town FC que foi sozinho acompanhar o seu time fora de casa. O nome dele é James Beardwell, tem autismo e segue o time da 8ª divisão em todos os jogos, dentro e fora de casa. Após a derrota por 4-1 contra o Grays Athletic, os jogadores da equipe foram se desculpar com ele

O canal do clube no Youtube do clube é feito todo por James, vale a pena dar uma conferida

TORCIDA DA SEMANA

Cerca de 5,600 torcedores do Wolverhampton foram até Preston para a partida contra o Preston North End que acabou empatada em 1-1. Belo apoio!

GOLAÇO DA SEMANA

18 passes e apenas 55 segundos de jogo. Assim foi construído o gol de Jamie Allen, o seu primeiro com a camisa do Burton Albion na vitória por 2-1 fora de casa em cima do Barnsley

TIME DA SEMANA

Time dos melhores jogadores da rodada da EFL (2ª, 3ª e 4ª divisões).

JOGADOR DA SEMANA

Com um gol e uma assistência na vitória por 2-1 fora de casa em cima do Cheltenham, o monstro atacante Adebayo Akinenwa do Wycombe Wanderers leva o prêmio de melhor jogador da semana!

Akinfenwa chegou ao seu 16º gol nessa temporada

Postado por Eduardo Werner De São José dos Pinhais - PR, tenho 18 anos e estudo Relações Internacionais. Sou fã do futebol inglês e escocês, torço para Atlético Paranaense, Manchester United, Celtic e South Shields, da 7ª divisão inglesa