Para inglês ver #20 – Neve, muito frio, goleiros protagonistas e bons jogos na FA Cup
13 de dezembro de 2017
Categoria: Para inglês ver

A Inglaterra amanheceu assim nesse fim de semana

Mais uma semana se passou e aconteceu muita coisa nos gramados das divisões inferiores da gelada Inglaterra. Teve torcedores limpando a neve do gramado, goleiros tendo participação decisiva em jogos e boas partidas na FA Cup. Confira com a gente!

CONFRONTO DE OPOSTOS

Wolverhampton e Sunderland se enfrentaram no último sábado no Molineux, casa dos Wolves, pela 21ª rodada da Championship. Enquanto o Wolverhampton estava no topo da tabela e com o melhor ataque da competição, o Sunderland ocupava a penúltima colocação e tinha a terceira pior defesa da liga.

Era de se esperar uma vitória fácil dos Wolves, certo? Mas não foi isso o que aconteceu. O jogo terminou 0-0, mesmo com um domínio total do Wolverhampton, que teve 71% da posse de bola e 23 finalizações, contra somente uma do Sunderland. O time visitante ainda teve um jogador expulso aos 15 do segundo tempo, mas conseguiu segurar o empate fora de casa.

O Wolverhampton continua na liderança do campeonato, enquanto o Sunderland fica mais uma rodada na zona do rebaixamento, tendo conquistado apenas duas vitórias em 21 partidas nessa temporada da Championship.

EMPATE DRAMÁTICO

O vice-líder Cardiff City viajou até Reading na última segunda-feira para enfrentar o time da casa, que estava na 15ª colocação na tabela da Championship. E no primeiro tempo deu tudo certo para o Reading: logo aos 16 minutos o meia Callum Paterson do Cardiff marcou contra e Modou Barrow ampliou para o time da casa pouco antes do intervalo.

No segundo tempo a situação do jogo mudou. O Cardiff City teve mais posse de bola e finalizou 10 vezes, o dobro do que tinha conseguido na primeira etapa. Joe Bennett conseguiu diminuir aos 38 do segundo tempo com um belo voleio e depois, aos 46, o atacante Lee Tomlin, que tinha saído do banco, conseguiu empatar o jogo com esse gol chorado (veja abaixo). O Reading ainda teve a chance de voltar a frente no placar, quando o zagueiro irlandês Paul McShane acertou a trave no último lance da partida.

Com o empate, o Cardiff desperdiçou a oportunidade de se aproximar ainda mais do líder Wolverhampton e a distância entre os dois continua em 4 pontos.

MAIS SORTE DA PRÓXIMA VEZ

Sheffield United e Bristol City se enfrentaram no Bramall Lane, casa do time de Sheffield, pela abertura dessa rodada da Championship na última sexta-feira. Os dois times vêm muito bem no campeonato: o Bristol City estava na 3ª colocação e o Sheffield United vinha logo atrás, na 4ª posição, ambos com 37 pontos.

O Sheffield United começou muito bem a partida, acertando a trave três vezes no primeiro tempo, uma com Matt Duffy e duas vezes com Billy Sharp, mas foi o Bristol City que abriu o placar, com esse belo gol de Jamie Paterson aos 43 do primeiro tempo (veja abaixo). Logo no começo do segundo tempo, Leon Clarke, o artilheiro da Championship com 14 gols, empatou a partida para os Blades. Pouco depois Matt Duffy acertou a trave mais uma vez, a quarta do Sheffield United na partida, mas quem acabou marcando foi o Bristol City. Aos 46 do segundo tempo, Aden Flint fez o 2-1 para os visitantes, que saíram com os três pontos.

Com a vitória, o Bristol City diminuiu a distância para o segundo colocado Cardiff City para 4 pontos. Já o Sheffield United caiu para a 7ª colocação, mas continua na zona dos playoffs.

 

BATALHA PELO TOPO

Teve jogo entre líder e vice-líder nesse fim de semana. E não estamos falando do clássico de Manchester. Pela League Two, a quarta divisão inglesa, Luton Town e Notts County se enfrentaram no Kenilworth Road pela 21ª rodada da liga. Os dois times tinham exatamente a mesma campanha, com 12 vitórias, 5 empates e 3 derrotas cada, mas o Luton estava na frente pelo saldo de gols, que era duas vezes maior que o do Notts County.

O time da casa saiu na frente aos 26 do primeiro tempo com um gol de cabeça do zagueiro Johnny Mullins e o Notts County empatou aos 16 do segundo tempo com um gol, também de cabeça, do interminável Shola Ameobi, de 36 anos. Com o empate, a situação no topo da tabela continua a mesma: Luton e Notts County nas duas primeiras posições com 42 pontos, mas o Luton leva vantagem no saldo de gols, que é de +30 contra +15 do Notts County.

ALÍVIO

O recém-promovido Plymouth Argyle ocupava a última colocação da tabela na Legue One, a terceira divisão inglesa, com apenas 4 vitórias em 20 jogos até aqui. No último sábado recebeu no Home Park o Gillingham, que também estava na zona do rebaixamento, na 21ª colocação. Essa era a chance do Plymouth Argyle finalmente sair da lanterna do campeonato.

Após uma primeira etapa em que os visitantes tiveram a melhor chance de marcar, o Plymouth Argyle abriu o placar aos 10 do segundo tempo com um gol do meia Joel Grant. Já perto do fim do jogo, aos 39 da segunda etapa, o atacante Tom Eaves do Gillingham empatou com um belo gol de fora da área que encobriu o goleiro do time da casa.

Parecia que o jogo ia acabar com um empate, mas aos 45 do segundo tempo, após essa falha do zagueiro Ben Nugent (veja abaixo), a bola sobrou para ao meia francês Toumani Diagouraga marcar o gol da vitória do Plymouth Argyle.
Com a vitória, o Argyle ainda não consegue sair da zona do rebaixamento, mas pula para a 22ª colocação na tabela com 20 pontos, o mesmo tanto que AFC Wimbledon e Rochdale, que estão fora da zona.

GOLEIROS PROTAGONISTAS

Bradford City e Rochdale se enfrentaram em um jogo maluco em que os goleiros tiveram participação decisiva no Valley Parade pela 21ª rodada da League One. Logo no começo do jogo, aos 8 minutos, o zagueiro Matthew Kilgallon do Bradford abriu o placar. Seis minutos depois o meia Oliver Rathbone do Rochdale foi derrubado na grande área pelo goleiro alemão Rouven Sattelmaier do Bradford City. Ian Henderson bateu bem no canto e Sattelmaier defendeu! Aos 40 do primeiro tempo o Bradford ampliou a vantagem com um gol de cabeça do atacante Charlie Wyke que encobriu o goleiro Josh Lillis do Rochdale. Logo no minuto seguinte, Ian Henderson descontou para o Rochdale em uma jogada que se originou de um chutão vindo do goleiro do seu time. Novamento, um minuto depois, o atacante Dominic Poleon ampliou para o Bradford e aos 47, pra fechar o primeiro tempo, Ian Henderson marcou de novo com um gol que se originou de um chutão do goleiro Josh Lillis. No intervalo, 3-2 para o Bradford City.

Aos 20 do segundo tempo o atacante Steve Davies empatou o jogo com um gol que era totalmente defensável mas, três minutos depois, o Bradford City foi pra frente do placar novamente no que seria o último gol da partida. Charlie Wyke lançou o lateral Tyrell Robinson com uma bola enfiada entre os zagueiros do Rochdale e o goleiro Josh Lillis, de maneira totalmente desesperada e desnecessária, saiu do gol para tentar desarmar o lateral, que acabou fazendo o gol. Fim de jogo: Bradford 4-3 Rochdale.

Com a vitória, o Bradford City pula para a 4ª colocação na tabela com 39 pontos, enquanto o Rochdale fica na 19ª posição com 20 pontos.

EQUILÍBRIO TOTAL

Veja só como está equilibrada a National League South, uma das duas chaves da sexta divisão inglesa. A derrota do líder Dartford para o Hungerford Town fez com que os três primeiros colocados na tabela estejam empatados com 38 pontos. Os próximos três times estão com um jogo a menos no campeonato: Havant & Waterlooville e Chelmsford City estão com 36 pontos e podem assumir a liderança caso vençam o jogo que está atrasado. Hemel Hempstead e Truro City fecham a zona dos playoffs com 35 pontos. Uma série de times, como St Albans City, Welling United, East Thurrock e Bath City ainda sonham com os playoffs.

A exceção do campeonato é o lanterna Whitehawk. Em 21 partidas disputadas até aqui, os Hawks não conseguiram nenhuma vitória e só somam 4 pontos de 63 possíveis e possuem o pior ataque e a pior defesa do campeonato.

SE O ATAQUE NÃO FUNCIONA…

O ataque do Whitehawk está indo tão mal nessa temporada que o goleiro Timothy Dieng teve que ir pra área e marcar um gol para a equipe. O jogo já estava perdido, estava 2-0 para o Chippenham Town aos 46 segundo tempo, mas Dieng foi para a área mesmo assim e marcou o gol de honra do seu time.

VOCÊ QUER BRINCAR NA NEVE?

Fez muito frio, muito frio mesmo, no último fim de semana no Reino Unido. Quem acompanhou os clássicos da Premier League no domingo percebeu que estava nevando nas duas partidas. Mas provavelmente o jogo com mais neve nesse fim de semana foi esse no País de Gales. O Aberdare Town venceu o Risca United pela segunda divisão galesa por 4-2 e o segundo tempo foi jogado nessas condições:

PAPAI NOEL AJUDANTE

O Macclesfield Town recebeu o Wrexham no Moss Rose pela 24ª rodada da National League, a 5ª divisão inglesa. Essa era uma partida importantíssima, pois o Wrexham estava na segunda colocação com 42 pontos e o Macclesfield vinha logo atrás na terceira posição com 41 pontos. O atacante Scott Wilson abriu o placar para o time da casa logo aos 6 minutos da primeira etapa e esse placar persistiu por bastante tempo, até os 30 do segundo tempo, quando Scott Boden empatou para o Wrexham.

A partida então foi interrompida para que a neve fosse limpada de cima das linhas do gramado. Torcedores ajudaram a fazer o trabalho, inclusive um deles vestido de papai noel. Logo após a partida ser reiniciada, Scott Wilson marcou mais dois gols para o Macclesfield e completou o seu hat-trick. David Fitzpatrick finalizou o placar com um gol aos 47 do segundo tempo. Fim de jogo, Macclesfield 4-1 Wrexham.

Com a vitória, o Macclesfield pulou para a primeira colocação na tabela, pois o líder Sutton United perdeu por 4-1 para o Leyton Orient.

TORCEDORES VOLUNTÁRIOS

O Hereford FC, da sétima divisão inglesa, jogará o maior jogo de sua história na próxima quinta-feira: o replay da FA Cup contra o Fleetwood, da terceira divisão, será no Edgar Street, a sua casa. Quem vencer essa partida receberá o Leicester City na próxima fase.

O problema é que, dois dias antes da partida, o campo do estádio estava completamente coberto pela neve. O clube então convocou os torcedores para irem ao estádio limpar todo o gelo.

TREINANDO NO PARQUE

O jogo entre Bury e AFC Wimbledon, que era pra ser realizado no último sábado, foi adiado por conta do gramado congelado. Esse problema é muito comum nessa época do ano na Inglaterra, com muitos jogos sendo adiados pela neve ou pelo gelo. Acontece que esse foi o único jogo da terceira divisão adiado, e vários jogos de times menores na região, como o FC United of Manchester, da 7ª divisão, o Macclesfield da 5ª e o Oldham da 3ª, foram disputados porque os times conseguiram lidar com o problema.

O AFC Wimbledon, que viajou desde Londres para disputar a partida, não perdeu a viagem. Já que não pode jogar a partida, foi para um parque perto do estádio e aproveitou para treinar.

NOVOS ESTÁDIOS

Na última semana tivemos novidades na situação dos futuros estádios de alguns times ingleses. O Brentford recebeu a permissão do conselho municipal para começar a construção do seu novo estádio de 17,250 lugares. O clube espera começar as obras em fevereiro de 2018.

O York City, que atualmente disputa a sexta divisão inglesa, já começou as obras para a construção do seu novo estádio de 8,113 lugares. As obras estão programadas para acabarem em junho de 2019.

O Sheffield United apresentou o projeto de expansão da arquibancada sul do Bramall Lane. A expansão aumentaria em 5,400 lugares a capacidade do setor, elevando a capacidade total do estádio para cerca de 38,000 lugares.

O AFC Wimbledon, fundado em 2002 e que começou a sua jornada na 9ª divisão inglesa, conseguiu a permissão para começar a construir o seu novo estádio de 11,000 lugares, que depois será expandido para 20,000 lugares

O novo estádio do Brentford, que ficará pronto no fim de 2019

FA CUP

Foram disputados nesse meio de semana alguns dos jogos desempate da segunda fase da FA Cup. Iremos falar sobre cada um deles

CAMPO CONGELADO

Um deles acabou nem acontecendo. O Carlisle United iria receber o Gillingham no Brunton Park, porém o jogo foi adiado. Temperaturas baixíssimas atingiram a região no fim de semana, incluindo -8ºC no domingo. O campo ficou desse jeito:

WILL GRIGG’S ON FIRE…

O Wigan Athletic recebeu no DW Stadium o AFC Fylde, da 5ª divisão. Após o empate por 1-1 na casa do Fylde, era de se esperar um jogo dificil. E realmente foi. O Wigan abriu o placar aos 31 do primeiro tempo com um gol do atacante Ivan Toney e pouco antes do intervalo o AFC Fylde empatou com o zagueiro Simon Grand. O Fylde inclusive virou a partida aos 20 do segundo tempo com um gol do atacante Danny Rowe.

Uma grande zebra estava pintando na FA Cup, até o atacante norte-irlandês do Wigan, Will Grigg, entrou no jogo. Will Grigg empatou o jogo aos 35 do segundo tempo e colocou o Wigan novamente na frente do placar aos 39. Fim de jogo, Wigan 3-2 Fylde.

O Wigan agora enfrentará o Bournemouth fora de casa na próxima fase

LUTARAM BEM

O Yeovil Town recebeu o Port Vale no Huish Park e saiu na frente ainda no primeiro tempo com um gol de pênalti do meia Otis Khan. O jogo começou a ficar realmente interessante na segunda etapa, quando o Port Vale teve dois jogadores expulsos: Christian Montaño aos dois minutos e James Gibbons aos nove da segunda etapa. Mesmo com dois jogadores a menos, quem conseguiu marcar foi o Port Vale, com um gol do ponta Marcus Harness aos 38 do segundo tempo.

O jogo então foi para a prorrogação. Logo aos cinco minutos, Otis Khan voltou a colocar o Yeovil na frente do placar. O Port Vale empatou novamente a partida aos 18 minutos da prorrogação com o defensor Antony Kay, mas o marfinense François Zoko marcou para o Yeovil e deu a vitória para o seu time: Yeovil Town 3-2 Port Vale.

Tivemos um brasileiro em campo: o ponta Alefe Santos, do Yeovil, entrou em campo aos faltando cinco minutos para o fim da prorrogação. Alefe nasceu em São Paulo mas se mudou para a Inglaterra aos 12 anos e nunca jogou por clubes brasileiros. O Yeovil receberá o Bradford City na próxima fase da FA Cup.

NÃO FOI DESSA VEZ

O Woking, da 5ª divisão, visitou o Peterborough United, da 3ª divisão, no London Road Stadium. Saíram na frente do placar, aos 19 do primeiro tempo com um gol do atacante Inih Effiong, mas levaram a virada do Peterborough ainda no primeiro tempo com gols de Michael Doughty e Jack Marriott.

No segundo tempo o Woking chegou a até empatar a partida com um gol do zagueiro Matt Young, porém o Peterborough marcou mais três gols com Jack Marriott, Marcus Maddison e Gwion Edwards. Fim de jogo: Peterborough 5-2 Woking.

O Peterborough visitará o Aston Villa na próxima fase.

NOVO ”FERGIE TIME”?

Outra partida que foi para a prorragação foi Exeter City x Forest Green Rovers, disputada no St. James’ Park em Exeter. O Forest Green saiu na frente aos 30 do primeiro tempo com um gol de pênalti de Christian Doidge e o Exeter empatou também de pênalti aos 28 da segunda etapa com Pierce Sweeney. A partida então foi para a prorrgação e o zagueiro camaronês Emmanuel Monthe do Forest Green foi expulso 19 minutos. Seis minutos depois, aos 25 da prorrogação, o lateral direito Jayden Stockley marcou de cabeça para o Exeter City e deu a vitória para o seu time: Exeter City 2-1 Forest Green Rovers. O Exeter agora irá receber o West Bromwich na próxima fase.

O Exeter nos últimos tempos tem vencido ou empatado vários jogos nos minutos finais das partidas. Nessa temporada, o time do sudoeste da Inglaterra empatou aos 49 do segundo tempo contra o mesmo Forest Green por uma partida da quarta divisão inglesa que terminou 3-3, empatou com o Mansfield Town com um gol aos 41 do segundo tempo e virou uma partida que terminou 2-1 aos 49 do segundo tempo contra o Barnet. Mas o gol no finalzinho mais importante veio na última temporada: pela semifinal dos playoffs da quarta divisão, o Exeter estava empatando em casa por 2-2 com o Carlisle United quando marcou um gol aos 50 do segundo tempo que levou o time para a final em Wembley, que acabou perdendo para o Blackpool.

Vale lembrar também que o Exeter City foi o primeiro adversário da seleção brasileira, lá em 21 de julho de 1914

TORCIDA DA SEMANA

Cerca de 4,200 torcedores do Portsmouth viajaram até Londres e viram a vitória do seu time no The Valley sobre o Charlton Athletic por 1-0. Além de ocuparem toda a arquibancada atrás de um dos gols, ocuparam parte do setor ao lado e também se espalharam pelo estádio no meio da torcida local

GOLAÇO DA SEMANA

Jack Byrne marcou esse golaço logo aos quatro minutos de jogo na vitória por 5-1 do Oldham sobre o Northampton Town pela terceira divisão inglesa. O técnico Richie Wellens do Oldham dedicou a vitória á todos os torcedores voluntários que ajudaram a limpar a neve do gramado antes da partida

 

TIME DA SEMANA

Time dos melhores jogadores da rodada da EFL (2ª, 3ª e 4ª divisões).

JOGADOR DA SEMANA

O ponta Kemar Roofe marcou os três gols da vitória do Leeds United fora de casa sobre o QPR por 3-1 e leva o prêmio de melhor jogador dessa semana.

Postado por Eduardo Werner De São José dos Pinhais - PR, tenho 18 anos e estudo Relações Internacionais. Sou fã do futebol inglês e escocês, torço para Atlético Paranaense, Manchester United, Celtic e South Shields, da 7ª divisão inglesa