MEMÓRIA FC #23 – A campeã esquecida
17 de fevereiro de 2017
Categoria: Memória FC

No final do século XIX o futebol italiano começava a engatinhar. Os primeiros clubes foram surgindo e em 1898 foi fundada a federação italiana. No mesmo ano, foi realizado o primeiro campeonato, que contou com a presença de 4 times: Genoa, Internazionale de Torino, Torinese e Ginnastica Torino. Antes que vocês se perguntem sobre esses times, já adianto que todos estes foram dissolvidos há mais de 100 anos, com exceção do Genoa que segue firme e forte na elite do futebol italiano.

Este campeonato foi disputado em sistema de mata-mata, com semi-finais e final. Ao todo o campeonato teve apenas 3 partidas, que foram disputadas no mesmo dia no Velodrome Humbert I, em Turim, local que não existe mais também. O Genoa se sagrou o primeiro campeão italiano ao bater a Internazionale de Turim (sim, de Turim) por 2 a 1 na prorrogação.
Mas o Genoa não é o campeão esquecido do título, quer dizer, até poderia ser, visto que eles tem 9 títulos italianos em tempos remotos e muita gente nem sabe disso. Mas estamos aqui para falar de outro time, a Udinese. Fundada em 1896 em Údine, a Udinese participou de sua primeira competição no mesmo ano, sagrando-se campeã do Torneo FNGI em Treviso. Este torneio foi realizado no dia 9 de setembro, junto com outras modalidades como a ginástica, que vinham ocorrendo desde o dia 6. Participaram do evento 5 equipes, sendo elas:Società Udinese di Ginnastica e Scherma (Atual Udinese Calcio);
Palestra Ginnastica Ferrara;
Società Ginnastica Velocipedistica Trevigiana;
Pio Istituto Turazza
Vittorio Veneto

O jogo tinha 2 tempos de 30 minutos, com direito a um tempo extra de 10 minutos em caso de empate. A Udinese sagrou-se campeã ao vencer o Ferrara por 2 a 0. O elenco campeão era composto por Giovanni Bisattini, Gino Chiussi, Giovanni Battista Kösnapfel, Ugo Pellegrini, Emilio Milanopulo, Luigi Del Negro, Gino Plateo, Friulano Spivach, Antonio Dal Dan, Augusto Tam e Efisio Tolu Mas como ainda não existia a federação italiana, que veio a ser fundada 2 anos depois, este título não é reconhecido. Com isso, as maiores glórias oficiais da Udinese a nível nacional são um vice campeonato da Serie A em 54-55 e um vice da Copa da Itália em 1922. Seu único título é o da Copa da Serie C (atual Coppa Italia Lega Pro), em 1978.

Infelizmente é pouco para a tradicional Udinese.

Para nós brasileiros, a maior recordação que o nome da Udinese nos traz na memória é a passagem de Zico por lá. Apesar de não possuir títulos nacionais, o bianconero do Friuli é um time tradicional da Itália, tendo passado mais da metade de sua história na elite do futebol local, e tendo também participações em campeonatos europeus, possuindo um título da Copa Intertoto em 2000, e também títulos de competições de menor calibre, como a Mitropa Cup em 1978, que reunia times da Europa Central, e também a Copa Anglo-Italiana em 1980. Recentemente a Udinese fez outras boas campanhas no campeonato italiano, como um 4º lugar em 2010/11 e um 3º lugar em 2011/12, que renderam participações na fase de grupos da Europa League.

“…Una città, una terra, cento anni in una sera
Lo stadio canta una canzone, alziamo la bandieraVinci per noi, magica Udinese
Vinci per noi, grande cuore bianconero!”

Postado por Pedro Amadeu 20 anos, estudante de engenharia, apaixonado por futebol. Nas horas vagas, pesquisa e escreve sobre futebol, contribuindo para o Blog 4-3-3.