Galo de Briga
15 de fevereiro de 2013
Categoria: 4-3-3 e Futebol e Nacional

Um bom time titular, bons reservas, um técnico experiente, esses são os ingredientes do Atlético Mineiro, que deu a entender em sua estreia, que veio brigar pela Libertadores.

O time do galo, fez excelente campanha no brasileirão 2012, e só não se sagrou campeão devido a campanha de outro mundo do Fluminense. O time porém estava feliz com a tão sonhada vaga pra Libertadores, que demorou a vir.

Quando a vaga veio, todos sabiam que o galo iria forte, porém o time se reforçou e vem mais forte do que o imaginado para a disputa do título inédito.

Ronaldinho já estava lá, e com sua genialidade fora do comum pode levar o alvinegro longe, Bernard é sem dúvida um dos grandes talentos do futebol brasileiro, Jô é matador, e Tardelli ídolo.

Um goleiro seguro, uma zaga excelente, bons laterais e uma boa dupla de volantes completam esse grande time, que Cuca tem em mãos.

O time está ai, jogando bem, com Réver jogando o fino da bola, Ronaldinho dando assistências sem parar e o resto do time jogando com o espirito de equipe.

Uma diretoria que nos últimos anos trazia quase que um time inteiro a cada temporada, mudou, e manteve a base vitoriosa, por que não, do campeonato brasileiro, trazendo mais peças de reposição e um ídolo.

Resta a Cuca administrar e tentar levar o galo a tão sonhada Libertadores, tem chance, tem time, tem um bom planejamento, agora só resta esperar pra ver até onde o Galo vai ter força pra brigar.

Pontos Fortes do Galo:


Elenco: O Atlético Mineiro, conta com um elenco recheado de bons jogadores, tanto no time titular quanto para reposição. São muitos jogadores com chances de serem titulares em outros times, como Rosinei, Alecsandro, Gilberto Silva, Guilherme, Rafael Marques e Araújo.

Técnico: Embora Cuca não tenha muitos títulos a cenário nacional, o técnico do Galo faz boas campanhas na maioria dos times que passa, e pode sim brigar por algo maior este ano. Está mais experiente, e inteligente, sabendo a hora de mexer no time, ainda mais quando se tem um elenco desse em mãos.
Craques: Talvez o maior do Brasil ( considerando que Neymar é novo), Ronaldinho Gaucho vem demonstrando a todos porque já foi um dos melhores do mundo. R10 vem demonstrando um futebol de ponta, voltando a seleção e liderando o ataque do Atlético. Bernard também pode desequilibrar uma partida, assim como Tardelli.

Xerife: O melhor zagueiro do Brasil hoje, Réver é calmo, sai jogando como poucos, sem chutão, sem desespero, passa tranquilidade aos companheiros, faz seus gols e extremamente eficiente na bola aérea e nos desarmes.

Esquema: Cuca montou um esquema onde o time todo ajuda, aperta a saída de bola e contra ataca com velocidade, o que incomoda muito os adversários.

Coadjuvantes: Não menos importantes, alguns jogadores não são tão lembrados, mas são fundamentais a Cuca, é o caso de Leandro Donizete e Pierre, que acabaram se completando no meio campo mineiro.

Por tudo isso o galo vem como um dos favoritos a Libertadores, e a torcida pode sim ter pela primeira vez o gostinho de ter América aos seus pés.

Postado por Andrew Sousa Formando-se em Jornalismo justamente pela paixão pelo esporte, sente enorme prazer em poder escrever sobre o que ama. Apaixonado por um bom domínio e alguns jogadores ruins, vive o futebol desde o primeiro dos seus vinte anos.