• Cinco candidatos ao prêmio de melhor jovem da Copa do Mundo
    12 de junho de 2018
    Categoria: 4-3-3 e Seleções

     

    Em 2006, a FIFA criou o prêmio de melhor jovem da Copa, que é entregue ao jogador Sub-21 que mais se destacou durante a competição. O primeiro vencedor foi o alemão Lukas Podolski, que foi peça importante numa Alemanha que chegou às semifinais na ocasião.

    Posteriormente, a entidade máxima do futebol elegeu, por meio de votação, os melhores jovens de todas as Copas entre 1958 e 2002. Pelé é o único brasileiro a receber esta nomeação, sendo considerado o principal jovem do Mundial de 58, além de ser o mais novo a ser reconhecido como tal, uma vez que ele tinha apenas 17 anos na época.

    O atual detentor do prêmio é o francês Paul Pogba, que foi um dos destaques da França na última Copa, marcando um gol e dando duas assistências. Falando nos Les Bleus, a seleção francesa tem nomes que possuem grandes chances de se consagrarem como o melhor jovem da competição.

    Mas não é só a França que tem postulantes ao prêmio. Outras seleções também tem bons jogadores Sub-21 e separamos cinco que, ao nosso ver, possuem grandes chances de receberem esta condecoração ao final do torneio.

    Lembrando que o critério da FIFA é pelo ano de nascimento, e não pela idade do jogador durante a competição, ou seja, apenas atletas nascidos a partir do dia 01/01/1997 possuem chances de escrever o nome na história do prêmio. Vamos aos nomes!

    Rodrigo Bentancur – Uruguai

     

    Titular de sua seleção, o jovem meio campista da Juventus é um dos bons nomes da nova geração uruguaia. Jogador de bom passe, atua pelo centro do campo, podendo também jogar como um armador pelo lado se assim for necessário. Apesar de talentoso, ainda é inconstante, porém, pode se consagrar no mundial por servir um poderoso ataque composto por Cavani e Suárez.

    Ousmane Dembelé – França

     

    Atacante francês, tornou-se recentemente uma das transferências mais caras da história ao ser vendido pelo Borussia Dortmund ao Barcelona por mais de 100 milhões de euros. Ambidestro e driblador, vem de temporada conturbada, não só pela adaptação ao Barça mas como também pelas lesões que sofreu ao longo dos últimos meses. Mesmo não sendo titular absoluto, Dembelé tem totais condições de ser um diferencial a favor de sua seleção na Rússia.

    Gabriel Jesus – Brasil

     

    Consolidado e bastante usado por Pep Guardiola no Manchester City, Gabriel Jesus chega a Rússia vestindo a lendária camisa 9 do Brasil. Dono de uma boa média de gols pela seleção, o menino Jesus é um dos fortes candidatos a levar o prêmio de melhor jovem da Copa do Mundo para casa. Alô, mãe!

    Marcus Rashford – Inglaterra

     

    Jogador rápido e de ótimo porte físico, Marcus Rashford pode ser uma grata surpresa no English Team durante este mundial. Mesmo sabendo que Harry Kane é o principal nome do ataque inglês, podemos esperar um Rashford participativo no mundial, podendo atuar centralizado ou aberto pelo lado esquerdo.

    Kyllian Mbappé – França

     

    Companheiro de Neymar no PSG e prestes a se tornar a segunda transferência mais cara da história do futebol, o jovem Mbappé rapidamente se consolidou como um pilar na seleção francesa comandada por Didier Deschamps. Titular da França em todos os cinco jogos disputados pelos Les Bleus em 2018, a Tartaruga Ninjaé uma das grandes esperanças da torcida francesa na busca pelo bicampeonato mundial.

    Postado por Pedro Amadeu 20 anos, estudante de engenharia, apaixonado por futebol. Nas horas vagas, pesquisa e escreve sobre futebol, contribuindo para o Blog 4-3-3.