• Baiano – Fluminense de Feira
    27 de janeiro de 2013
    Categoria: 4-3-3

    Clube mais tradicional do interior baiano, o Fluminense de Feira Futebol Clube,
    tem 76 anos de muita história e títulos, é um dos times de Feira de Santana, cidade
    do interior mais populosa da Bahia.

    São dois campeonatos
    baianos, uma Taça do Estado da Bahia e duas Copa Governador do Estado, isso sem
    contar seis vices Campeonatos Baianos, um vice campeonato da Copa do Nordeste e
    o segundo lugar da série C de 1992, três participações na Série A do
    Brasileirão e, a maior participação no âmbito nacional foi quando chegou nas quartas de final da Taça Brasil de 1964. Com todo
    esse peso, o Touro do Sertão é sempre um dos candidatos a surpreender os grandes
    da capital.
    Após passar 2014 e
    2015 na segunda divisão do estadual o tricolor voltou muito bem para a primeira
    divisão, terminou na quarta posição e foi disputar a Série D e quase conseguiu
    o acesso para a terceira divisão, sendo eliminado pelo campeão Volta Redonda
    nas quartas de final, além disso a equipe não conseguiu o título da Copa
    Governador do Estado, mais enfraquecido por causa do regulamento a equipe caiu
    na semifinal para o Jacobina.
    Amistoso vencido contra o rival Bahia de Feira (Foto: Reprodução/Flu de Feira)
    O ano de 2017 promete
    ser ainda melhor, com a manutenção de peças do elenco que quase conseguiu o
    acesso para a terceira divisão do brasileiro, como o goleiro Jair, o zagueiro
    Alysson. O grande reforço é um grande jogador local, mas muito rodado e muito experiente: o meia Jorge
    Wagner. A equipe base
    escalada pelo treinador Arnaldo Lira foi um clássico 4-4-2 com: Jair;
    Edson, Igor, Alexandre e Deca; Guto, Rogério, Jorge Wagner e Fernando Sobral;
    Luiz Paulo e Janeudo.

    O fato de ser colocado como o maior e mais tradicional clube do interior, tem muito a ver com seu pioneirismo. Foi o primeiro clube do interior a jogar uma Copa do Brasil, em 1991, quando foi eliminado pelo Grêmio nas oitavas de final. Foi o primeiro interiorano a conquistar um título estadual, em 1963. Também foi o primeiro clube do interior a chegar em uma final de Copa do Nordeste, quando foi vice-campeão em 2003, perdendo a final para o Vitória. Além disso, também foi o primeiro clube do interior a disputar uma final de campeonato nacional, fato ocorrido na Série C de 1992, quando foi derrotado pelo Tuna Luso na disputa do título.

    O Fluminense folgará na primeira rodada e só
    estreará no dia 04 de fevereiro contra o Galícia em Pituaçu ás 16 horas.
    Postado por Earvin Caetano 23 anos, baiano de Bom Jesus da Lapa oeste do estado da Bahia, começou a olhar o futebol e refletir sobre ele quando viu que sozinho não ganharia no grito.