A arrogância e suas consequências
13 de setembro de 2018
Categoria: 4-3-3 e Futebol e Internacional

Mourinho está com os dias contados em Manchester?

José Mourinho é um treinador de grande respeito e isso não é segredo pra ninguém. O português é detentor de dois títulos da Champions League (sendo um deles uma grande surpresa com o histórico time do Porto), três Premier League (conquistadas pelo Chelsea), a La Liga batendo o Barcelona de Guardiola, dentre tantos outros títulos que o mesmo conquistou. Currículo invejável e bastante vitorioso, mas que não condiz com o que vemos em 2018. Atualmente, uma pergunta ronda a cabeça de muitos amantes do futebol: Mourinho está ultrapassado?

O futebol que o Manchester United apresenta vem sofrendo grandes críticas – e não é de hoje. O Special One não apresenta um trabalho convincente desde a Premier League conquistada pelo Chelsea na temporada 14-15. É certo que Mou trouxe uma Europa League e a EFL Cup pros Red Devils na temporada de 16-17, porém, o nível de atuação na liga nacional foi bem decepcionante: o time amargou a sexta posição e, se não fosse a conquista da Europa League, estaria fora da UCL do ano seguinte.

Leia também: José Mourinho e a folga para meu controle remoto

Na temporada 17-18 se esperava grandes coisas, mas o que o torcedor viu foi mais do mesmo – apresentações ruins que resultaram em eliminação nas oitavas da UCL. Para coroar o terror dos Red Devils, o clube ainda viu os rivais se dando bem – o  Liverpool chegou na final da UCL e o Manchester City se sagrou campeão isolado da Premier League.

Chegamos na atual temporada e o começo vem sendo desanimador. Sem padrão de jogo, o time acumula duas vitórias, duas derrotas e um futebol medíocre nas quatro primeiras rodadas, sobretudo no amargo revés de 3 a 0 em pleno Old Trafford para o Tottenham. Logo após o jogo vieram os questionamentos da imprensa sobre o nível apresentado pelos comandados de Mou e o técnico, piorando ainda mais o ambiente, fugiu de seus erros e apoiou-se em sua arrogância, dizendo que tem três títulos da Premier League – mais do que qualquer técnico da temporada atual.

Para piorar a situação, Mourinho começa a se desentender com o elenco Red Devil.

Além disso tudo o português acumula atritos com vários jogadores por onde passou: Casillas no Real Madrid; Diego Costa no Chelsea; e agora, em Manchester, com o jovem Anthony Martial e Paul Pogba. O clima é tão ruim que o campeão do mundo, um dos pilares da equipe, já tem sua saída cogitada.

Somando todos esses problemas, é inegável a decadência de Mourinho. Todos sabem o tamanho do português para o futebol, mas não seria a hora de mudar alguns conceitos? Não seria um momento de ter mais humildade? A temporada do Manchester United não tem boas perspectivas, principalmente se continuar com a arrogância de quem um dia já esteve no topo do mundo. Passar por um momento difícil é ruim. Sozinho então, fica tudo ainda pior. É hora de mudar, Mourinho.

Postado por Gabriel Tourino 19 anos, cursando Direito, são paulino doente, torcedor do Manchester United e amante do futebol inglês. Gosto de café, Kaká e Ander Herrera.